Reforma

'A bola está com o Parlamento', diz Bolsonaro sobre reforma da Previdência

Questionado sobre as declarações por vezes polêmicas do ministro da Economia, Paulo Guedes, ele disse que isso 'é natural'

Jennifer Thalis
Jennifer Thalis
Publicado em 15/06/2019 às 16:45
Notícia
Foto: Sérgio Lima/AFP
Questionado sobre as declarações por vezes polêmicas do ministro da Economia, Paulo Guedes, ele disse que isso 'é natural' - FOTO: Foto: Sérgio Lima/AFP
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro disse, ao ser questionado sobre a reforma da Previdência, que a "a bola está com o parlamento". "Na nossa bancada, PSL, a gente orienta de uma forma. Se perder no voto, paciência. Vamos respeitar", disse ele neste sábado (15) ao deixar o Palácio da Alvorada.

Questionado sobre as declarações por vezes polêmicas do ministro da Economia, Paulo Guedes, ele disse que isso "é natural". "Em casa a gente briga as vezes, com filhos", disse. "Tudo pode atrapalhar e tudo pode ajudar, temos que debater o máximo possível. E não atrasar muito para decidir essa parada", afirmou

Elogio

Bolsonaro, no entanto, elogiou o ministro. "Ninguém duvida da capacidade do Paulo Guedes. O que eu entendo nele e me inclinei a aceitar as suas teses é que ele tá dando números para que o Brasil possa sair da crise", disse.

"A gente não quer deixar para o futuro governo, que vai nos suceder, a dor de cabeça da Previdência. Não podemos continuar vivendo esse fantasma, essa agonia, que é a Previdência. Nós temos uma chance ímpar de tirar o Brasil do caos econômico que se aproxima, com a reforma da Previdência", disse o presidente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias