CELULARES INVADIDOS

Vítimas de hackers serão identificadas e comunicadas, diz Moro

Ministro da Justiça se manifestou por meio de sua conta no Twitter

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 25/07/2019 às 17:10
Notícia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Ministro da Justiça se manifestou por meio de sua conta no Twitter - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou, em sua conta no Twitter, nesta quinta-feira (25) que as "centenas de vítimas" de ataques hacker serão comunicadas pela Polícia Federal ou pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

"A vulnerabilidade foi explorada por hackers criminosos e pessoas inescrupulosas. As centenas de vítimas, autoridades ou não, que tiveram a sua privacidade violada por meio de crime, serão identificadas e comunicadas pela Polícia Federal ou pelo MJSP", afirmou.

Segundo Moro, "ninguém foi hackeado por falta de cautela". "Não se exigia nenhuma ação da vítima. Não havia sistema de proteção hábil. Há uma vulnerabilidade detectada e que será corrigida graças à investigação da Polícia Federal".

As declarações do ex-juiz vêm após a operação Spoofing, que prendeu quatro suspeitos de hackear celulares de autoridades dos três poderes, além de quase mil pessoas. Walter Delgatti Neto, conhecido como ‘Vermelho’, admitiu à Polícia Federal que invadiu os aparelhos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias