Evolução

Bolsonaro vai mudar dieta no jantar, de líquida para cremosa, diz médico

Segundo o médico do presidente, o objetivo é que Bolsonaro consuma 2.000 calorias por dia

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 14/09/2019 às 20:58
Notícia
Foto: Reprodução/Facebook
Segundo o médico do presidente, o objetivo é que Bolsonaro consuma 2.000 calorias por dia - FOTO: Foto: Reprodução/Facebook
Leitura:

O médico Antonio Luiz Macedo, cirurgião chefe que comanda a equipe que atende o presidente Jair Bolsonaro no Hospital Vila Nova Star, disse neste sábado aos jornalistas que vai introduzir ainda hoje alimentação cremosa na dieta do presidente.

Segundo ele, Bolsonaro está "bem, sem febre, sem dor e alegre". O presidente vai deixar a dieta líquida e jantar hoje creme de mandioquinha. Segundo Macedo, o objetivo é que Bolsonaro consuma 2.000 calorias por dia.

O presidente passou o dia hoje com familiares e assistiu ao jogo do Palmeiras na TV. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, foi ao hospital e ficou 13 minutos. Saiu sem falar com a imprensa. A assessoria da Presidência da República não confirma se o presidente e o ministro se encontraram.

Alta

O presidente Jair Bolsonaro está "super bem" e caminhou novamente na área interna do hospital. Por ora, segundo informou o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, o presidente continua na base de água, chá e a bolsa de alimentação e a expectativa de alta médica está mantida para segunda ou terça-feira, mas o porta-voz demonstrou otimismo quanto à possibilidade de o presidente ser liberado até mesmo antes desse prazo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias