Que sorte

Bolão da liderança do PT leva prêmio de R$ 120 milhões da Mega-Sena

Bolão tinha 49 cotas e cada apostador deverá ganhar cerca de R$ 2,5 milhões

JC Online
JC Online
Publicado em 18/09/2019 às 22:05
Notícia
Foto: Agência Brasil
Bolão tinha 49 cotas e cada apostador deverá ganhar cerca de R$ 2,5 milhões - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

Assim que a Caixa Econômica Federal anunciou o resultado da Mega-Sena desta quarta-feira (18), a Câmara dos Deputados, em Brasília, foi à loucura. Isso porque, segundo afirmaram parlamentares, funcionários da liderança do PT da Casa foram os vencedores dos R$ 120 milhões. A Caixa confirmou que a aposta vencedora foi feita em Brasília e tinha 49 cotas.

O bolão, que tinha 49 cotas, levou sozinho a bagatela. Segundo informou dois dos vencedores em sigilo, cada um dos apostadores ganhará cerca de R$ 2,5 milhões. A notícia chegou até os sortudos durante a discussão do projeto de lei que afrouxa regras eleitorais e pode inflar o fundo eleitoral para as eleições de 2020.

Cada um do grupo apostou R$ 10. De acordo com um dos vencedores, eles apostam há mais de dez anos, em todos os sorteios.

Os números sorteados foram:  04 - 11 - 16 - 22 - 29 - 33. O grupo é formado por 49 pessoas entre assessores e funcionários da Câmara.

A comemoração

Logo após que o resultado foi divulgado, o grupo foi visto comemorando pelos corredores da Câmara, sem se importar em chamar a atenção de quem passava pelo local. 

O prêmio dos petistas é o terceiro maior prêmio acumulado neste ano e um dos 20 maiores da história. O maior foi sorteado em maio, para um sortudo que apostou pela internet e levou R$ 289 milhões.

Reação

O deputado Aliel Machado (PSB-PR) brincou com o resultado. “Fiquei sabendo que agora há uma orientação no PT contrário a taxar as grandes fortunas”, afirmou o parlamentar. Outro deputado, não identificado, pegou o microfone para pedir ao presidente Jair Bolsonaro que entregue um cheque simbólico para o partido.

A notícia de que o bolão do PT havia faturado a Mega-Sena 

 

 

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias