Crise no PSL

Eduardo chama Joice de nota de R$ 3 e ela responde: 'Eu sei o que fizeram no verão passado'

A troca de acusações entre membros do partido está cada vez mais intensa

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 18/10/2019 às 15:20
Notícia
Foto: Reprodução/Twitter
A troca de acusações entre membros do partido está cada vez mais intensa - FOTO: Foto: Reprodução/Twitter
Leitura:

A briga interna no PSL parece estar longe de ter um fim. Após a disputa entre a ala Bolsonarista e ala de Bivar pela liderança do partido na Câmara dos Deputados, o filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), derrotado no pleito, parece ter encontrado um culpado. Em sua conta do Instagram, o deputado publicou uma foto da também deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) estampada em uma 'nota de três reais' - que é considerada um símbolo de falsidade.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Eduardo Bolsonaro???????? (@bolsonarosp) em

Na legenda, ele acusa Joice de querer centralizar o poder do partido em sua volta. "Ainda bem que é a inteligência emocional do PR que é -20... Se acha a dona de tudo, 'porque EU aprovei', 'porque EU isso', 'EU aquilo', 'EU sou mais filha do que os filhos do presidente', 'EU sou a Bolsonaro de saias', mas correu a noite coletando assinaturas para termos Delegado Waldir de líder, pessoa que irritada com o Presidente orientou obstrução à MP 886, botando em risco uma pauta nacional devido a um problema pessoal", acusou.

O deputado continuou: "Não há mais espaço para ingenuidade. Tá cheio de gente que acabou de subir no ônibus e quer sentar na janela. O nosso foco não pode ser o poder, político que trabalha apenas pelo voto acaba se tornando político padrão. Vise agradar seu eleitor e ser fiel, pois de pessoas desleais a sociedade tem asco. Obs: se não fossem reiteradas entrevistas dando munição aos nossos inimigos este post não estaria sendo feito", disse Eduardo.

Joice responde

Em tom ameaçador, Joice respondeu ao deputado. Postando a foto que Eduardo publicou, a deputada disse que a imagem era "mais um presentinho da milícia digital" e que sabia "quem vocês são e o que fizeram no verão passado".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias