Declaração

Bolsonaro: Toda semana vocês trocam ministro meu, não tem nada previsto

Declaração foi feita após matéria informar que Bolsonaro avalia a troca de ministros no início de 2020

Foto: NELSON ALMEIDA / AFP
Declaração foi feita após matéria informar que Bolsonaro avalia a troca de ministros no início de 2020 - FOTO: Foto: NELSON ALMEIDA / AFP
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro negou, neste sábado (14), que possui planos para fazer mudanças nos ministérios no começo de 2020. Ele aproveitou para elogiar o trabalho do ministro da Educação, Abraham Weintraub. "Toda semana vocês trocam ministro meu, não tem nada previsto", afirmou. Conforme ele, o Ministério da Educação (MEC) "é tomado pela esquerda há décadas, Weintraub faz um bom trabalho", completou.

A declaração do presidente vem após matéria do portal da Folha de S.Paulo, deste sábado, informar que Bolsonaro avalia a troca de três ministros no início do próximo ano: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Abraham Weintraub (Educação) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Após garantir que policiais detidos também terão indulto natalino, o presidente parou na Esplanada dos Ministérios, no Distrito Federal, e cumprimentou policiais militares que estavam em uma viatura. Depois, Bolsonaro se deslocou até a Praça dos Três Poderes, onde parou para comprar sorvete e cumprimentou turistas.

Bolsonaro participa de confraternização

No início do dia, o presidente esteve na confraternização de final de ano do gabinete do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), também esteve no evento. Bolsonaro ainda visitou um membro de sua equipe de segurança que estava internado no hospital das Forças Armadas, que havia sido atropelado.

Últimas notícias