HOMENAGEM

Kleber Mendonça Filho receberá honraria da Câmara dos Vereadores do Recife

Desde o início do ano, vereadora Marília Arraes (PT) apresentou projeto para conceder medalha do mérito José Mariano ao cineasta. Mesa Diretora aprovou na última segunda

Marcela Balbino
Marcela Balbino
Publicado em 19/05/2016 às 17:44
Foto: Valery Hache/AFP
FOTO: Foto: Valery Hache/AFP
Leitura:

A Mesa Diretora da Câmara dos Vereadores do Recife aprovou a concessão da medalha de honra ao mérito José Mariano ao cineasta, produtor e crítico de cinema Kleber Mendonça Filho, que dirigiu os filmes "Aquarius" e "O Som ao Redor". A proposta, de autoria da vereadora Marília Arraes (PT), foi aprovada na última segunda-feira (16), um dia antes do protesto do diretor pernambucano em Cannes, durante a Palma de Ouro. A aprovação do pedido saiu na edição desta quinta-feira (19), no Diário Oficial do Recife.

Na última terça (17), Kleber e a equipe do filme Aquarius denunciaram, sob os olhares da imprensa internacional e de profissionais de cinema do mundo inteiro, que “um golpe de Estado aconteceu no Brasil” – segundo um dos cartazes que cada integrante do elenco segurou nas mãos, entre eles a atriz Sonia Braga, que protagoniza o filme. Kleber tem se manifestado publicamente, em entrevistas e redes sociais, contra o impeachment de Dilma Rousseff.

A proposta para conceder a honraria tramitava na Casa Legislativa desde o início do ano e a cerimônia de entrega está prevista para agosto. A vereadora Marília Arraes explica que a homenagem é um reconhecimento à contribuição e representação que o cineasta desempenha na cultura local.

"Também é pela causa que ele defende na arte, que promove igualdade de direitos, direitos humanos e mostra a sociedade como ela realmente é. É muito merecedor", afirmou. Na ocasião, a produtora francesa Emilie Lesclaux, esposa de Kleber, receberá o título de cidadã pernambucana. 

Quanto à manifestação do cineasta em Cannes, Marília Arraes (prima do ex-governador Eduardo Campos) endossou o posicionamento político do cineasta, mas disse que a homeagem é anterior à manifestação.

"Ele explicitou para o mundo o período que vem passando o Brasil e isso tem que ser reconhecido pelo mundo inteiro. É importante que artistas se posicionem. Não é só a volta do MinC (Ministério da Cultura). Os problemas não são pontuais, o problema é completamente contextualizado", argumentou.

A Medalha do Mérito José Mariano é a maior comenda do Poder Legislativo e foi criada pelo Decreto Legislativo nº 409, de 17 de junho de 1968. Leva o busto do primeiro prefeito eleito do Recife, José Mariano, e o brasão do município, além de ser circundada pela legenda aos que serviram ao Recife. Para que a homenagem fosse aprovada, é necessário o voto de dois terços dos vereadores que compõem a Câmara Municipal.

Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP
Foto: Valery Hache/AFP
- Foto: Valery Hache/AFP

Últimas notícias