Exemplo

Recife recebe nota 10 no Ranking Nacional dos Portais da Transparência do MPF

Com isso, passa a ocupar o primeiro lugar na pesquisa, ao lado de Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre

Aline Araújo
Aline Araújo
Publicado em 11/06/2016 às 9:13
Foto: Reprodução
Com isso, passa a ocupar o primeiro lugar na pesquisa, ao lado de Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Mesmo com o cenário geral de Pernambuco, o Recife se sobresaiu e recebeu nota dez no Ranking Nacional dos Portais da Transparência dos municípios e estados brasileiros realizado pelo Ministério Publico Federal (MPF). Com isso, passa a ocupar o primeiro lugar na pesquisa, ao lado de Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. No último estudo, a capital obteve nota 8,4 e ocupava o oitavo lugar no ranking nacional.

Segundo o gestor da Controladoria Geral do Recife, Rafael Figueiredo, a melhoria é o reflexo do trabalho conjunto e da plataforma desenvolvida pela Empresa Municipal de Informática (Emprel). “No portal, nós criamos um Business Inteligente, que dá a possibilidade de cruzamento de diversas informações de uma só vez. O servidor pode fazer uma ampla sindicância sobre as contas do município”, explicou.

A ferramenta foi adotada pelo portal do Governo do Estado de Pernambuco que também subiu no ranking, de 7,5 para 8,8. No ranking nacional, os estados do Espírito Santo, Ceará e Rondônia lideraram a pontuação com nota dez. Pernambuco ficou em 11º lugar.

De acordo com Rafael, as melhorias no Portal da Transparência de Recife vão além das exigidas pelo MPF, como implantação de organogramas, instrumentos contratuais digitalizados, dados estatísticos, dados de perfil de solicitantes, perfil de consulta, diárias e passagens aéreas. 

Em 2015, o Portal da Transparência do Recife foi acessado 91.562. Entre os acessos, alguns pedidos foram inusitados, como: “Quantas árvores temos em Recife hoje, quantas tínhamos no inicio da gestão e quantas teremos de acordo com o planejamento da prefeitura?” ou “Quais são os custos funerários da prefeitura?”.

Para a gerente geral de Transparência e Informações Estratégicas, Mariana Fragoso, é importante lembrar que as informações solicitadas devem ter relação com receitas, despesas, fornecedores, programas, ações e projetos do município.  “Os casos citados são raros e percebemos que cada vez mais pessoas estão se interessando e  acesssando o portal”, disse.  

No Recife, entre as secretarias mais consultadas em 2015 estão CTTU, Emlurb e Saúde, sendo mais acessadas as páginas de remuneração de servidores.

Para reforçar a equipe, dez aprovados no concurso público para o cargo de Analista de Controle Interno foram nomeados nesta semana. O concurso público para o cargo foi realizado em setembro de 2014 e até o momento 39 pessoas aprovadas já foram convocadas.

Últimas notícias