Eleições 2016

Geraldo Julio e Daniel Coelho brigam por paternidade da PPP da praia

Tucano apresenta proposta de parceria público-privada para cuidar da orla, mas prefeito manda avisar que medida não é novidade

Franco Benites
Franco Benites
Publicado em 20/08/2016 às 7:59
Acervo JC Imagem
Tucano apresenta proposta de parceria público-privada para cuidar da orla, mas prefeito manda avisar que medida não é novidade - FOTO: Acervo JC Imagem
Leitura:

Um dos principais cartões-postais do Recife, a praia de Boa Viagem está no meio do embate eleitoral para prefeito da cidade. Na primeira semana de campanha, o deputado federal Daniel Coelho (PSDB) anunciou que pretende fazer Parcerias Público-Privadas (PPPs) para garantir um melhor tratamento à orla recifense.

A proposta do tucano já entrou na mira do prefeito e candidato à reeleição Geraldo Julio (PSB). Por meio de sua assessoria, o socialista avisou que a iniciativa não é nova e já está sendo colocada em prática. Por sua vez, Camilo Simões, secretário de Turismo do Recife, ironizou Daniel nas redes sociais e depois apagou o texto publicado no Twitter.

Coordenador do programa de governo de Daniel Coelho, o economista Pierre Lucena fala que a proposta do tucano não significa uma privatização da praia.

“Queremos apenas organizar a praia a exemplo do que ocorre em outras cidades como o Rio de Janeiro. Aqui, as empresas entram em contato diretamente com os comerciantes e patrocinam barracas. Vamos dividir a praia em lotes e intermediar esse patrocínio. As empresas terão que dar contrapartidas para explorar o espaço da propaganda. Hoje, do jeito que está, há uma privatização da praia. Queremos desprivatizar e usar as empresas para serem parceiras nos cuidados com a orla”, explicou.

LEIA MAIS:

Com apoio tucano, Daniel Coelho propõe PPP para Praia de Boa Viagem

Vereadores criticam prefeitura por parceria para revitalizar orla

Quiosque do 2º Jardim de Boa Viagem fechado há um ano

De acordo com Pierre Lucena, questões sobre o tempo de contrato com as empresas ainda serão definidas. “Essa proposta (da PPP) é uma ideia. Ainda não está totalmente desenhada”, falou.

A assessoria de Geraldo lembrou que a iniciativa de fazer parcerias com a iniciativa privada não é novidade no Recife. A equipe de campanha do prefeito destacou que a administração socialista anunciou uma padronização dos comerciantes por meio da distribuição de novas mesas, cadeiras e guarda-sóis em parceria com algumas empresas.

Caberia aos patrocinadores, assim como na proposta de Daniel Coelho, imprimir sua marca nos objetos.  A ação, que já foi tema de reportagem no JC, está sob a coordenação da secretaria municipal de Controle Urbano. Outra iniciativa foi a construção de uma academia totalmente equipada em parceria com uma fabricante de bebidas por meio da iniciativa da secretaria de Turismo.

ALIADO DE GERALDO IRONIZA DANIEL

Apesar das ações empreendidas pela prefeitura do Recife junto à iniciativa privada se assemelharem à proposta de Daniel Coelho, aliados de Geraldo criticam o tucano. Em um rede social, o secretário municipal de Turismo, Camilo Simões, escreveu, sem citar Daniel: 'O plano é transformar a praia de BV no posto de Noronha? O ticket pra entrar seria caríssimo. #tchaunervosinho #gj40". Em seguida, ele apagou o texto.

Em março de 2015, a parceria entre a prefeitura do Recife e as empresas privadas nas ações de revitalização da praia de Boa Viagem foi alvo dos vereadores. Em discussão na Câmara Municipal, Michele Collins (PP), que é aliada do prefeito, criticou as ações em conjunto com uma marca de cerveja.

Acompanhe a cobertura do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação das eleições 2016

O projeto de PPP da praia de Boa Viagem integra o programa de governo de Daniel Coelho. Ele, assim como a maioria dos candidatos à prefeitura do Recife, deve deixar para apresentar o documento na reta final da campanha eleitoral. Já o prefeito e candidato à reeleição Geraldo Julio vai atualizar o programa de governo apresentado em 2012.

No final de julho, o JC fez uma reportagem sobre a montagem dos programas de governo. Os coordenadores do documento de cada candidato afirmaram que a linha mestra dos programas seria a oferta de uma cidade mais democrática para os recifenses.

LEIA MAIS:

No Recife, candidatos só devem apresentar programa de governo na reta final da campanha

Geraldo Julio vai atualizar programa de governo de 2012

Desenvolvimento urbano na pauta dos candidatos a prefeito do Recife

JC nas Ruas: No Dia Mundial de Limpeza das Praias, cartão vermelho para os porcalhões

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias