eleições 2016

Criticado na TV, Mendonça Filho vai processar João Paulo

Ministro da Educação divulgou nota prometendo acionar João Paulo na Justiça Eleitoral e na Justiça Comum

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 26/10/2016 às 13:08
Foto: Arquivo/JC Imagem
Ministro da Educação divulgou nota prometendo acionar João Paulo na Justiça Eleitoral e na Justiça Comum - FOTO: Foto: Arquivo/JC Imagem
Leitura:

O ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), anunciou nesta quarta-feira (26) que vai entrar na Justiça Eleitoral e na Justiça Comum contra o candidato a prefeito do Recife João Paulo (PT) por críticas do petista no guia eleitoral. Segundo a nota divulgada por Mendonça, a atitude do petista busca "confundir a população" e "demonstra o desespero de João Paulo antes mais uma grande derrota eleitoral dele e do seu partido, o PT no Recife".

O vídeo da campanha petista que cita Mendonça apresenta cartas de baralho com as faces de Geraldo, do presidente Michel Temer (PMDB), e do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ); querendo associar os quatro personagens. "Temer tem um ministro pernambucano que acabou com o Ciência sem Fronteiras, fechou vagas no Ensino Superior e que apoia Geraldo Julio". O ministro da Educação nega as críticas feitas pela campanha.

Presidente do DEM-PE, Mendonça Filho apoiou a candidatura da deputada estadual Priscila Krause (DEM) no primeiro turno e, num movimento anti-petista, apoiou o prefeito Geraldo Julio (PSB) na segunda etapa da disputa. João Paulo é o único petista disputando o segundo turno no País.

LEIA MAIS SOBRE AS ELEIÇÕES 2016

Leia a íntegra da nota de Mendonça Filho:

Atacado pelo candidato a prefeito do Recife, João Paulo (PT), o Ministro da Educação, Mendonça Filho, vai entrar na Justiça Eleitoral e na Justiça Comum contra o candidato, para restabelecer a verdade. Em sua propaganda eleitoral na TV, João Paulo faz ataques mentirosos à atuação do Ministro, visando confundir a população. Atitude que demonstra o desespero de João Paulo ante mais uma grande derrota eleitoral dele e do seu partido, o PT no Recife. 

1 - Não é verdade que o MEC acabou o Programa Ciências sem Fronteiras. O programa está em execução e beneficia 4.476 bolsistas.

2 - Não é verdade que o MEC cortou vagas no ensino superior. Ao contrário, desde que assumiu o ministro Mendonça Filho já liberou R$ 4,2 bilhões para a rede federal de ensino e garantiu 100% do custeio para as universidades e institutos federais.

3 - O ministro Mendonça Filho ampliou o FIES abrindo 75 mil novas vagas e garantiu a manutenção do programa com a aprovação no Congresso de mais de 1 bilhão de reais para BENEFICIAR UM MILHÃO E MEIO DE ALUNOS DO FIES com a renovação de contratos.

4 - O ENEM está em curso e vai ser realizado nos dias 05 e 06 de novembro com 8,6 milhões de estudantes inscritos. 

5 - O candidato a prefeito João Paulo esconde no seu guia eleitoral os companheiros petistas presos na Lava-jato. No entanto, todo o Brasil sabe das prisões de José Dirceu, Antonio Palocci, João Vacari, André Vargas, José Genoíno, Delúbio Soares, Paulo Bernardo e outros petistas, sócios da maior organização criminosa da história do Brasil.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias