TRE

Antônio Campos recorre no TRE contra uso da imagem de Arraes pelo PSB

Após ter decisão negada na última quarta-feira, Antônio Campos recorrer ao pleno TRE

Vinícius Sales
Vinícius Sales
Publicado em 03/11/2017 às 12:37
Ricardo Labastier/JC Imagem
Após ter decisão negada na última quarta-feira, Antônio Campos recorrer ao pleno TRE - FOTO: Ricardo Labastier/JC Imagem
Leitura:

Após decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) liberar o uso da imagem do ex-governador Miguel Arraes para o PSB, o irmão de Eduardo Campos, Antônio Campos, recorreu da decisão dada pelo corregedor regional eleitoral José Henrique Coelho Dias da Silva. Com a entrada do agravo, feita nesta sexta-feira (3), o caso será decidido pelo pleno do tribunal.

"Há conflitos de interesses políticos na utilização da imagem de Arraes. Defendo politicamente e juridicamente que o TRE proíba ou coloque os limites da utilização dessa imagem por Paulo Câmara (PSB) para evitar ferimentos de direitos personalíssimos de familiares de Arraes. A decisão que nega a liminar tem uma fundamentação que a vitória de Paulo na negativa é uma vitória de Pirro, pois abre a imagem de Arraes para outros partidos.", afirmou Antônio Campos.

Na última quarta-feira (1), o Instituto Miguel Arraes (IMA), foi à justiça solicitando a proibição da vinculação de imagem, nome, voz e qualquer outra referência ao ex-governador. Contudo no entendimento do corregedor, a utilização da imagem não ofendeu a dignidade e memória do político.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias