Destino

Uchoa Jr. já articula com bases para a manutenção dos votos do pai

Uchoa terá que decidir entre manter a disputa pela vaga na Câmara Federal ou disputar o lugar do pai na Alepe

Vinícius Sales
Vinícius Sales
Publicado em 06/07/2018 às 13:45
Reprodução/Facebook Guilherme Uchoa
Uchoa terá que decidir entre manter a disputa pela vaga na Câmara Federal ou disputar o lugar do pai na Alepe - FOTO: Reprodução/Facebook Guilherme Uchoa
Leitura:

O falecimento do deputado estadual Guilherme Uchoa (PSC), presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), trouxe mais indefinições na disputa eleitoral em Pernambuco. Além da conhecida habilidade para articulação partidárias, onde transitava tanto no governo quanto na oposição, Uchoa foi detentor de quase 70 mil votos no pleito de 2014. Falecido, o destino desse capital político se tornou incerto. Atualmente Uchoa Jr articula para manter a base construída pelo pai.

Seu filho, Guilherme Uchoa Jr, disputaria a vaga de deputado federal pelo PSC, garantia exigida em para a filiação na sigla além da manutenção do apoio ao governado Paulo Câmara (PSB). Porém com o falecimento do pai, a vaga para a Assembleia e o direcionamento eleitoral da base de Uchoa se tornou ponto de incertezas nos rumos eleitorais.

Nesta quinta-feira (5), ele se reuniu com o presidente estadual do PSC, o deputado André Ferreira, para estudar o cenário. Indagado sobre a direção que Uchoa Jr poderá tomar, André afirmou que está dando tempo para o empresário decidir. "Em algumas cidades já havia uma divisão dos votos que Guilherme Uchoa tinha. Naturalmente o grupo ligado a Igarassu caminha com a oposição, mas vamos aguardar um posicionamento", afirma André.

Devido ao poderio de articulação, Uchoa conversava com bandeiras partidárias distintas. Tanto governo, como oposição faziam parte da sua base de apoio. Ao JC, Uchoa Jr, afirmou que está dialogando com as bases e que apoiadores de seu pai já manifestaram posição favorável. "Estou conversando com todos os municípios que meu pai fazia política e também com os que adquiri ao longo desses anos. Nesse contexto, todos eles me conhecem e estão aguardando minha posição. E qualquer decisão tomada pelo nosso grupo será apoiada e respeitada". Anteriormente, o senador Armando Monteiro (PTB) tinha expectativas de trazer o ex-presidente da Assembleia para o bloco de oposição

VOTOS

Comentando sobre a possível transferência dos votos de Ucho para Jr, o prefeito de Igarassu, Mário Ricardo (PTB), aliado do senador Armando Monteiro (PTB), afirma que existe complicações na movimento devida a liberdade eleitoral. Todavia o petebista acena para Uchoa Jr. "Eu e o ex-deputado Guilherme Uchôa fazíamos política em campos opostos, mas sempre existiu um respeito da minha parte a pessoa do deputado. Se esse for o caminho de Uchoa Jr, vamos dialogar. Bons políticos podem até divergir de opinião, mas nunca de objetivos.

Últimas notícias