Petrolina

MPF organiza audiência com para discutir o São João de Petrolina

A audiência de conciliação acontecerá na próxima segunda (06), após pedido de suspensão do festejo do MPF

Da Editoria de Política
Da Editoria de Política
Publicado em 03/05/2019 às 12:10
Foto: Thaise Rocha/Rádio Jornal Petrolina
A audiência de conciliação acontecerá na próxima segunda (06), após pedido de suspensão do festejo do MPF - FOTO: Foto: Thaise Rocha/Rádio Jornal Petrolina
Leitura:

Na última quinta-feira (02), o Ministério Público Federal (MPF) pediu a suspensão do São João de Petrolina de 2019. Entretanto, para tentar resolver a questão, na próxima segunda-feira (06), o órgão organizou uma audiência de conciliação entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina (SEDETUR), os representantes da Prefeitura de Petrolina, o Ministério Público e o juiz federal responsável pelo caso, Arthur Napoleão Teixeira Filho.

De acordo com o MPF, o município não seguiu as regras de segurança aérea ao realizar as festividades no local, devido a proximidade com o aeroporto Senador Nilo Coelho. A solicitação da suspensão foi realizada através de uma ação civil pública ajuizada na 17ª Vara Federal da cidade. 

Ao JC, a SEDETUR enviou uma nota onde informa que recebeu a notificação oficial para a participar da audiência e que já buscou diálogos com as instituições envolvidas.

“A SEDETUR também esclarece que o entendimento entre as partes é indispensável para a realização do São João de Petrolina no pátio de eventos, como ocorre desde 2012”, diz um trecho da nota.

Segundo com o MPF, caso a Justiça não acate o pedido principal, o Ministério vai requerer que só haja eventos no local após estudo conclusivo do comando da aeronáutica, “analisando todos os problemas ocorridos nos últimos sete anos, como o comprometimento da visibilidade de pilotos”.

Confira a nota completa:

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina informa que recebeu a notificação oficial para a participar da audiência. Afirma ainda que sempre buscou o diálogo entre todas as instituições envolvidas - Aeronáutica, Infraero e Ministério Público Federal - no processo de liberação do Pátio de Eventos Ana das Carrancas, e sempre cumpriu as medidas de segurança recomendadas por estas instituições. A SEDETUR também esclarece que o entendimento entre as partes é indispensável para a realização do São João de Petrolina no pátio de eventos, como ocorre desde 2012.

Segunda vez

No ano passado, o Ministério Público Federal chegou a recomendar que a Prefeitura de Petrolina adotasse adotadas providências referentes a realização de eventos no mesmo pátio de eventos.

Na época, o Ministério Público afirmou o município não estava seguindo as medidas de segurança aéreas durante os eventos promovidos no local.

Atrações

Os shows principais programados terão início no dia 14 de junho e seguem até o dia 23. Entre os 45 artistas que se apresentarão, está a cantora baiana Ivete Sangalo, a paraibana Elba Ramalho, a dupla sertaneja Matheus e Kauan e o DJ Alok.

Além da programação principal, o prefeito Miguel Coelho (PSB) anunciou o calendário do São João dos Bairros, Exporajada, concursos, festivais juninos, Vaquejada, Jecana, Forró da Espora e Missa Vaqueiro. Somando todas as atividades culturais, serão 29 dias de festa e mais de 80 apresentações. A expectativa é que o período de festas juninas atraia mais de 700 mil pessoas, além de gerar mais de 10 mil empregos direitos e indiretos.

Últimas notícias