Ato

Manifestantes voltam às ruas nesta quinta-feira pelo Brasil contra os cortes na educação

Além do Recife, foram convocadas manifestações em 25 capitais, no Distrito Federal e dezenas de cidades do interior

Da editoria de Política
Da editoria de Política
Publicado em 29/05/2019 às 21:10
Notícia
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Além do Recife, foram convocadas manifestações em 25 capitais, no Distrito Federal e dezenas de cidades do interior - FOTO: Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Professores, estudantes e técnico-administrativos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) participam, nesta quinta-feira (30), de manifestação contra os cortes na educação, promovido pelo governo federal. O ato está programado para acontecer em várias cidades do País. No Recife, a concentração está marcada para às 14h, na Rua da Aurora.

No local, haverá uma aula pública da UFPE em defesa das universidades, com a participação de Liana Cirne Lins, professora da Faculdade de Direito da UFPE, que vai abordar as "Ilegalidades do Assalto à Educação". Além dela, haverá palestra do professor de ciência política da UFPE Ernani Rodrigues sobre "Impacto da Pesquisa no Desenvolvimento", e do pró-reitor de planejamento Tiago Neves, que analisa o "Impacto dos Cortes no Funcionamento da Universidade". Em seguida, a União Nacional dos Estudantes (UNE) comanda uma passeata pela ruas do Centro do Recife. 

Oposição ao governo vê protesto menor

A convocação para os atos desta quinta diz que "dia 30 vai ser maior", mas não é essa a expectativa entre os líderes da oposição. Reunidos nesta quarta-feira (29), em Brasília, os presidentes do PT, PSB, PDT, PSOL e PCdoB, além de representantes da Rede e do PCB, avaliaram que os atos desta quarta devem ser menores que os do dia 15.

O motivo, segundo os presidentes, é que desta vez a manifestação foi convocada pelo movimento estudantil. No dia 15, os protestos foram acompanhados por paralisações organizadas pelos sindicatos de professores.

Foram convocadas manifestações nas 26 capitais, no Distrito Federal e dezenas de cidades do interior.

Últimas notícias