BRASÍLIA

Conheça Diogo Araújo, o recifense que ouviu de Bolsonaro para esquecer o PSL

O jovem se encontrou com o presidente na manhã desta terça-feira (8)

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 08/10/2019 às 17:29
Notícia
Foto: Reprodução
O jovem se encontrou com o presidente na manhã desta terça-feira (8) - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Atualizada às 18h19

O estudante recifense Diogo Araújo, integrante do PSL Jovem, divulgou um vídeo na tarde desta terça-feira (8) após repercussão de um outro vídeo no qual aparece junto ao presidente Jair Bolsonaro. Diogo, que tem 19 anos, foi até Brasília, no Distrito Federal, e encontrou com Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada.

O integrante do PSL Jovem se encontrou com Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada. Em determinado momento, após o jovem fazer um vídeo no qual cita os nomes de Luciano Bivar, presidente do PSL, e do próprio presidente, Bolsonaro, que aparentemente não gostou da citação, disse para Diogo 'esquecer o PSL'.

No vídeo divulgado à tarde, Diogo afirma que é 'cristão e de direita'. Segundo o jovem, não foi ele quem divulgou o vídeo no qual aparece o presidente dizendo-o para esquecer o partido, mas que sentiu um tom de brincadeira na fala de Bolsonaro. "Eu quero deixar bem claro que não fui eu quem divulgou o vídeo. Muita gente anda me perguntando se fui eu quem divulguei", disse.

Após perceber que a declaração foi registrada em vídeo, o presidente, visivelmente incomodado, pede para que a gravação seja apagada. Em seguida, Bolsonaro afirma que o deputado federal Luciano Bivar (PE) "está queimado para caramba".

"Quem divulgou o vídeo foi um youtuber, conhecido pela alcunha de Cafézinho com Pimenta. Isso foi uma atitude, creio eu, um pouco errônea pelo fato de Bolsonaro ter dito: 'olha, não divulga o vídeo'. Eu senti um tom meio jocoso. O presidente Bolsonaro brinca muito", esclareceu Diogo.

O jovem disse ainda que, mesmo que esteja ocorrendo uma crise no PSL, ele ainda pretende se candidatar nas próximas eleições. O cargo pretendido por Diogo é o de vereador. "Eu vou me candidatar de qualquer forma. Eu sou cristão, sou de direita, e eu creio que isso seja bastante importante para a nossa juventude", afirmou. Diogo comentou que com a repercussão do vídeo, viu 'tudo se desmoronar'.

Veja o esclarecimento

Relação estremecida

Não é de hoje que a relação interna do PSL parece estar estremecida. Em fevereiro, Luciano Bivar chegou a negar que estaria pensando em deixar o partido. A declaração aconteceu após uma crise que envolveu o Palácio do Planalto. Bivar deu apoio ao pedido de urgência para votar o projeto que derrubou decreto do vice-presidente Hamilton Mourão sobre a classificação de documentos ultrassecretos do governo.

No mesmo dia, o presidente da sigla não comentou sobre a declaração do ex-ministro Gustavo Bebianno no qual afirma que "se o Bivar escolheu candidata laranja, é um problema dele".

Em junho, veio à tona que aliados do presidente Jair Bolsonaro se articulavam para que Bivar deixasse o comando do PSL. O objetivo era desvincular a imagem de Bolsonaro de escândalos de corrupção.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias