Opinião

Igor Maciel: No Recife, Lula acena para Marília Arraes e João Campos

''Deu a entender que a prioridade é estruturar o PT nacionalmente, fortalecendo as bases de acordo com cada situação''. Leia comentário de Igor Maciel

Marcelo Aprigio
Marcelo Aprigio
Publicado em 19/11/2019 às 8:11
Artigo
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
''Deu a entender que a prioridade é estruturar o PT nacionalmente, fortalecendo as bases de acordo com cada situação''. Leia comentário de Igor Maciel - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Igor Maciel, da coluna Pinga Fogo*

Lula almoçou com João Campos (PSB) e jantou com Marília Arraes (PT) no Recife. Não falou sobre nenhum dos dois no discurso de 17 minutos que fez. Fora do microfone, acenou para ambos igualmente. Deu a entender que a prioridade é estruturar o PT nacionalmente, fortalecendo as bases de acordo com cada situação. Até aí é exatamente o que aconteceu em 2018. A estratégia do PT parece a mesma: fortalecer Lula.

Ano passado, Marília Arraes chegou a fazer campanha ao governo. Depois, ficou bem entendido que o objetivo petista era só negociar apoio em outros Estados com o PSB, o que foi alcançado em partes. Após aquela negociação, o PT se deu bem e ganhou espaços na gestão da Prefeitura do Recife e no governo de PE. Dessa vez, a ameaça/estratégia do PT tem um componente familiar já que os possíveis candidatos são primos.

Leia mais comentários de Igor Maciel:

No Recife, Lula chamou mais atenção pelo que não disse do que pelo que disse

Bancada precisa pensar mais em Pernambuco e menos nos próprios partidos

Novo partido põe em risco governabilidade e futuro político de Bolsonaro

Nova Constituição proposta por Alcolumbre é um disparate

O que o STF decide hoje, o próprio STF pode mudar amanhã

Alheio a polêmicas do clã Bolsonaro, Paulo Guedes dá lição do silêncio

Em 2018, o plano de Lula dobrou o PSB Nacional e até o antes adversário Jarbas Vasconcelos (MDB), que chegou a fazer o "L" de "Lula Livre" na campanha para garantir a eleição. A dúvida que fica é: se realmente Marília for apresentada pelo PT como pré-candidata nos próximos meses, quem garante que ela disputa mesmo?

Nesse jogo, vale usar a mesma carta quantas vezes?

*Igor Maciel é titular da coluna Pinga Fogo, no Jornal do Commercio

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias