ELEIÇÕES 2020

''Você não pode pegar uma prefeitura e trabalhar para você'', diz Julio Lossio sobre Miguel Coelho em Petrolina

Lossio é pre-candidato a prefeito de Petrolina e crítico da gestão de Miguel Coelho na cidade

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 05/02/2020 às 16:10
Notícia
Foto: Reprodução/Instagram
Lossio é pre-candidato a prefeito de Petrolina e crítico da gestão de Miguel Coelho na cidade - FOTO: Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

Ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PSD), em café da manhã com jornalistas, não perdeu a oportunidade de alfinetar a gestão do prefeito Miguel Coelho (MDB) na cidade. "Infelizmente a atual gestão não tem inovação. Me digam um projeto novo, algo novo para a cidade, da atual gestão? Fora as rotatórias, o que é que tem de inovação?", questionou.

Veja também: 'Não sou apoiador da candidatura de Bolsonaro', diz Julio Lossio

Veja também: Expulso da Rede por se aliar a 'bolsonaristas', Lossio é lembrado em ato pró-Bolsonaro

Lossio também falou sobre a possível candidatura a prefeito nas eleições 2020. "Pode ser tudo, inclusive nada. A gente vai tomar essa decisão na hora certa. A gente vai estar no jogo. Eu já disse a vocês que todo ex-prefeito é um pré-candidato natural. Guilherme Coelho, um ex-prefeito de Petrolina, é pré-candidato natural. De repente as coisas caminham e ele pode colocar o nome dele. Odacy, outro ex-prefeito, também é um pré-candidato natural”, disse.

Ainda sobre a atual gestão de Miguel Coelho, Lossio ressalta que em sua gestão buscava atrair investimentos. "O que é que chegou nessa gestão no Distrito Industrial? Zero. Quando eu fui prefeito, Marcelo tinha a função de ligar para interagir e conseguimos atrair a Uninassau, a Nissan, a concessionária Honda, a Hyundai, o Macro, a Havan", disse o ex-prefeito.

>> Petrolina e Juazeiro vivem 24h de violência com seis assassinatos 

>> Irmão do deputado Gonzaga Patriota (PSB) é assassinado em Petrolina

Por fim, Lossio voltou a questionar o que chegou de novo em Petrolina. "Atacadão? O Atacadão tá no terreno de quem? Você não pode pegar uma prefeitura e trabalhar para você. Tem uma coisa que chegou que é inovação, vou dizer pra vocês. As motozinhas elétricas, que é uma coisa boa. De quem é a Voltz? Você não pode pegar uma prefeitura e fazer ela trabalhar pra você ou sua família. Você tem que ter cuidado de não misturar o público com o privado”, disse ele.

ATACADÃO

O Atacadão inaugurou uma unidade na última quinta-feira (30) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A empresa investiu cerca de R$ 50 milhões para fundar a loja. Estão sendo gerados mais de 800 empregos diretos e indiretos.

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, celebrou a chegada do empreendimento à cidade. "A prefeitura foi parceira para acelerar a entrega das obras, reduzindo a burocracia e dando todo o suporte necessário", revelou.

Com uma área de 13,9 mil metros quadrados, o estabelecimento foi construído em menos de cinco meses no bairro Jardim Amazonas. A loja tem salão de vendas, depósito, refeitório, prédio administrativo e 331 vagas de estacionamento.

Com informações do Blog de Carlos Britto e Portal de Prefeitura.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias