Filiação

Antônio Campos anuncia filiação ao PRTB, sigla do vice-presidente Mourão

Antônio Campos já foi filiado ao PSB e ao Podemos

Ana Gabriela Lima
Ana Gabriela Lima
Publicado em 27/02/2020 às 11:18
Divulgação
Antônio Campos já foi filiado ao PSB e ao Podemos - FOTO: Divulgação
Leitura:

O advogado e presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Antônio Campos, anunciou que vai se filiar ao PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), mesma sigla do vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão.

>> Antônio Campos diz estar sendo ameaçado e pede proteção à Polícia Federal

>> Tio e sobrinho, Antônio e João Campos trocam ataques

A legenda é presidida nacionalmente por Levy Fidelix e, em Pernambuco, tem como expoente o deputado estadual Marco Aurélio, líder da oposição na Assembleia Legislativa e pré-candidato a prefeito do Recife.

O ato de filiação de Antônio ao PRTB será aberto ao público e vai acontecer no Edifício Canavial, sala 402, no Bairro do Recife. O evento será segunda-feira (2) as 18:30h.

Histórico

Antônio Campos já foi filiado ao PSB, sigla pela qual disputou a eleição para prefeito de Olinda em 2016. Tonca, como é conhecido, acabou derrotado no segundo turno para o atual prefeito Professor Lupércio (Solidariedade) e deixou o PSB em 2017.

Ao deixar a sigla socialista, Antonio acusou a legenda de não dar apoio à sua campanha e passou a criticar a mãe de João, Renata Campos. Em 2018, o advogado Antônio Campos disputou a eleição para deputado federal pelo Podemos, mas não conseguiu uma cadeira na Câmara Federal ao obter 3.658 votos.

Ameaças

Antônio Campos, irmão do ex-governador Eduardo Campos e pivô da briga política da família Campos que envolve seu sobrinho, João Campos (PSB) e sua mãe, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, disse estar sofrendo ameaças.

Segundo o advogado de Antônio Campos, Weryd Simões, Antônio Campos "tem recebido essas ameças desde antes da última sexta-feira (7) de fevereiro, quando intensificaram. A investigação é completamente sigilosa. Ele foi ouvido na condição de testemunha, mas sob sigilo absoluto", disse. 

Quando questionado sobre do que se tratava a ameaça, o advogado de Antônio Campos apenas falou que "todo o procedimento investigativo teve como vinculo o PSB de Pernambuco. Antônio trouxe informações relevantes e já citou nome de pessoas".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias