Cena Política

Dos possíveis candidatos ao governo pela oposição em Pernambuco, apenas um fez postagens em alusão ao dia do orgulho LGBTQIA+

Raquel Lyra (PSDB), Anderson Ferreira (PL) e Miguel Coelho (MDB), prefeitos de Caruaru, Jaboatão e Petrolina, são os principais nomes para a disputa da cadeira que hoje é de Paulo Câmara (PSB)

Igor Maciel
Igor Maciel
Publicado em 30/06/2021 às 8:00
Análise
Divulgação
Prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL); prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB) e prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB) - FOTO: Divulgação
Leitura:

Possíveis candidatos ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB) e Anderson Ferreira (PL) preferiram evitar menção ao dia do orgulho LGBTQIA+, lembrado no último dia 28 de junho.

Talvez para evitar problema com o eleitor conservador.

Em Caruaru, o voto conservador é forte e o principal adversário de Raquel nas últimas eleições foi o deputado estadual Erick Lessa (PP), que é evangélico.

Já para Anderson Ferreira (PL), a situação é ainda mais conflitante com a data. A base do atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes é formada por evangélicos.

Dos possíveis candidatos, justamente o mais ligado a Bolsonaro, que é conservador, foi o único que fez postagens em alusão ao dia: Miguel Coelho (MDB).

O prefeito de Petrolina aproveitou para lançar um programa para a população trans no município sertanejo, facilitando a mudança de nome.

O gestor municipal, que quer disputar o Palácio do Campo das Princesas e é filho do líder de Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), terminou a postagem no Instagram lembrando a todos que o "amor não tem gênero”.

Veja:

 


Comentários

Últimas notícias