Cena Política

Miguel Coelho está tendo o território "atacado" por Marília Arraes e Anderson Ferreira

Resultado disse pode ajudar o sertanejo a se consolidar ou atrapalhar suas pretensões como candidato a governador.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 23/05/2022 às 14:49
DIVULGAÇÃO
POSTULANTES Raquel, Miguel e Anderson estarão no pleito que elegerá o novo governador de Pernambuco - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Um dos assuntos tratados entre Raquel Lyra (PSDB) e Miguel Coelho (UB) quando conversaram pela última vez sobre a possibilidade de uma aliança foi o protagonismo regional de ambos.

Se há um fato nessa eleição é que Raquel é a maior referência no Agreste e Miguel é a maior referência eleitoral no Sertão.

A sustentação disso é que está em jogo.

A equipe da ex-prefeita de Caruaru argumenta que o território dela já foi atacado pelos adversários e que ela conseguiu sustentar a liderança.

Miguel só começou a ter a região atacada nos últimos dias. Marília Arraes (SD) esteve em Serra Talhada, que é uma região já dominada por ela e expandiu para as imediações.

Mas, chamou atenção o roteiro de Anderson Ferreira (PL). O candidato bolsonarista circulou por cinco dias em diversas cidades que, hoje, têm domínio de Miguel.

E a recepção, dizem, foi boa.

O próprio Anderson chegou a dizer que vai apresentar resultados dessas “andanças” em breve. Entendeu-se que ele pode anunciar apoios importantes na região.

Quem também ainda não investiu de verdade no Sertão foi o PSB, que somente na semana passada confirmou Teresa Leitão (PT) como candidata ao Senado e deve começar a pegar a estrada nos próximos dias.

Pesquisas feitas após essas incursões de adversários serão usadas para reforçar a candidatura de Miguel ou desgastá-la.

Comentários

Últimas notícias