OPINIÃO

Brasil supera Alemanha, França e Itália e ultrapassa 30 milhões de vacinados em 89 dias

Alemanha, França e Itália, que juntos têm população equivalente à nossa, levaram 89 dias para bater a marca de 30 milhões de pessoas imunizadas. Leia a opinião de Cláudio Humberto

JC
JC
Publicado em 12/04/2021 às 11:27
Notícia
MARCOS PASTICH/PCR
Prefeitura do Recife prevê vacinar 16 mil trabalhadores da educação básica - FOTO: MARCOS PASTICH/PCR
Leitura:

30 milhões de vacinas

O Brasil ultrapassou a marca de 30 milhões de doses de covid aplicadas em 85 dias de campanha, um resultado a ser comemorado por superar Alemanha, França e Itália, que juntos têm população equivalente à nossa e levaram 89 dias para bater a marca. O mesmo ocorreu no Reino Unido, primeiro país do ocidente a iniciar a vacinação. Apesar de rico e grande produtor de vacinas, levou 104 dias para superar 30 milhões de doses. O Reino Unido é o quarto no ranking com 39 milhões de doses aplicadas, mas o Brasil deve ultrapassar os britânicos até o fim deste mês.

O Brasil levou 47 dias para chegar a 10 milhões de doses, 24 dias para ir aos 20 milhões e apenas 14 para ultrapassar a marca dos 30 milhões. A média diária de doses aplicadas no Brasil está acima de 750 mil e é a quarta melhor, atrás de China, Índia e EUA, diz o Our World in Data. Além das 30 milhões de doses aplicadas, há cerca de 20 milhões que já foram entregues pelo governo federal a todos os Estados.

Ordem frágil

O Supremo Tribunal Federal (STF) corre o risco passar vergonha, no Senado, caso não se costure uma solução política para a crise provocada pela ordem do ministro Luis Roberto Barroso de instalar a CPI do Covid. A ordem e a CPI correm o risco de virar pó, no plenário.

Sinta o clima

"É uma afronta do STF a esta Casa", indignou-se o senador Eduardo Girão (Pode-CE). "E tem acontecido repetidamente", completou. Para ele, "o freio é a CPI da Lava Toga e impeachment de alguns ministros".

Basta um sinal

Foi elegante a reação do presidente do Senado, "mas ninguém se engane", diz um senador: basta um sinal de Rodrigo Pacheco para a maioria do Senado ignorar solenemente a ordem do ministro Barroso.

Limite perigoso

Já o senador Carlos Viana (PSD-MG) cobrou uma "resposta corajosa" do Senado ao STF após a ordem para instalar a CPI. "O ativismo judicial chegou a um limite perigoso e inconstitucional", afirmou o parlamentar.

Volta para casa

Em 40 dias, o governo brasileiro realizou oito voos comerciais desde Portugal, trazendo brasileiros de volta para casa. No total, retornaram 1.400 brasileiros, segundo o Ministério das Relações Exteriores.

Ainda?!

O Conselho de Ética e Decoro da Câmara realiza mais uma reunião, nesta terça (13), para continuar a ouvir testemunhas no processo contra a deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de mandar matar o marido.

Frase

"Vamos ampliar", disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, sobre o programa de vacinação nacional.

 

Comentários

Últimas notícias