OPINIÃO

Eleições 2022: pesquisa aponta que Marília Arraes lidera intenções de voto para o Governo de Pernambuco

A deputada petista tem 26,9% de intenções de voto, mais que a soma de seus adversários. Leia a opinião de Cláudio Humberto

Cláudio Humberto
Cadastrado por
Cláudio Humberto
Publicado em 21/05/2021 às 7:06 | Atualizado em 21/05/2021 às 7:19
RICARDO LABASTIER/DIVULGAÇÃO
Marília Arraes (PT) - FOTO: RICARDO LABASTIER/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Dada a largada

Pesquisa realizada pelo instituto Opinião em Pernambuco mostra a deputada Marília Arraes (PT) liderando as intenções de voto para o governo de Pernambuco com 26,9%, mais que a soma dos adversários.

Pena de morte no Brasil

Levantamento nacional exclusivo do Paraná Pesquisa para o Diário do Poder e esta coluna revela que a grande maioria (56,7%) dos brasileiros é favor da pena de morte para assassinos bárbaros, enquanto 37,3% são contra a pena capital e 6% preferem não opinar. Em todos os recortes da pesquisa, por sexo, região, escolaridade, a maioria defende a pena de morte nesses casos, revelando inconformismo com a impunidade. Uma das maiores diferenças no apoio à pena capital está entre homens, dos quais 61,8% são favoráveis, e mulheres (52,1%). Entre aqueles com ensino superior completo, 49,4% são a favor da pena capital e 46,7% contra. Apenas 3,8% desse grupo subiram no "muro". Entre as regiões, a pena de morte tem o maior apoio no Sul (60,4%) e Sudeste (59,8%). No Nordeste o apoio é de 51,3% dos entrevistados. O Paraná Pesquisas ouviu 2,5 mil eleitores em 228 municípios, entre 14 e 19 de maio, em entrevistas pessoais telefônicas, não robotizadas.

Mais 'lacrações' do que indagações

Encerrando de forma constrangedora a sessão dessa quinta-feira (20) da CPI da covid, a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP, foto) mostrou por que depoimentos servem apenas de pretexto para que os senadores façam "lacração" e não indagações: "Eu não estou nem interessada na resposta dele", disse ela após concluir a própria lacração, formulando juízo de valor sobre o tema da CPI e do ex-ministro Eduardo Pazuello. Líder do DEM no Senado, Marcos Rogério (RO) definiu a inutilidade dos depoimentos: "O relator iniciou a CPI com o relatório debaixo do braço". Em sua lacração, Zenaide Maia (Pros-RN) mostrou que crê em duendes. Disse que a covid matou 6 mil na China, país de 1,5 bilhão de habitantes. Longe das câmeras, lacradores se revelam: vídeo mostra que Eduardo Braga (MDB) disse que não faltou dinheiro e culpou o governo do Amazonas.

Faltou a lista 

Valderlan Cardoso, senador pelo (PSD-GO), expôs a "ingratidão" na CPI dos colegas que agora atacam o ex-ministro Pazuello, mas o elogiavam há pouco tempo por atender pedidos de meios para combater a covid.

Ignorada 

Enquanto a CPI desviava o foco, economistas preveem crescimento de até 4,5% do PIB, a Câmara fazia História aprovando a privatização da Eletrobrás e o ministro da Economia, Paulo Guedes, divulgava a arrecadação recorde registrada em abril último: R$ 156,8 bilhões.

Trabalhar cansa

Funcionários da Petrobras Biocombustível, em processo de privatização, decidiram fazer greve. Pela manutenção dos privilégios, claro. Sabem que no setor privado só há estabilidade com dedicação e competência.

Semelhança... 

Citada na CPI como exemplo, a China condenou o fundador do jornal Next Daily, de Hong Kong, com base em uma lei de segurança nacional depois de "assembleias não autorizadas" durante os protestos de 2019.

...coincidência

A condenação de Jimmy Lai incluiu o bloqueio de bens, que levaram à suspensão da negociação das ações do grupo na bolsa e da circulação da edição impressa do Apple Daily, jornal do grupo vendido em Taiwan.

Frase

Muita gente enche a boca torcendo pelo vírus" - Senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) sobre a hipocrisia de colegas na CPI da covid

 

Comentários

Últimas notícias