COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Candidatos que tiveram covid-19 farão Enem terça e quarta-feira. Exame será também para detentos

Exame será aplicado também para jovens do Amazonas ou que tiveram algum problema na logística da avaliação. Em Pernambuco serão pelo menos 1.351 participantes

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 22/02/2021 às 17:16
Notícia

Marcello Casal JrAgência Brasil
Estudantes de todo Brasil fizeram o Enem tradicional em janeiro - FOTO: Marcello Casal JrAgência Brasil
Leitura:

Com Agência Brasil

Nestas terça (23) e quarta-feira (24), 1.351 candidatos de Pernambuco farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). Nestes dias haverá também reaplicação da avaliação, em todo o País, para inscritos que tiveram covid-19 ou outra doença infectocontagiosa e por isso não puderam comparecer nos dias do Enem tradicional (17 e 24 de janeiro) ou do Enem digital (31 de janeiro e 7 de fevereiro). O exame será realizado também pelos participantes que tiveram as provas canceladas por conta do agravamento da pandemia do novo coronavírus (como é o caso do Estado do Amazonas) ou porque foram prejudicados por questões logísticas.

Até o início da tarde desta segunda-feira (22), véspera da aplicação, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, não havia informado o total de candidatos no Brasil. Tampouco o total de participantes de Pernambuco que solicitaram a reaplicação por terem tido covid-19 ou outras doenças previstas no edital.

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) afirmou que no Estado há 78 socioeducandos inscritos - são adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas. Já a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, através da Executiva de Ressocialização (Seres), inscreveu 1.273 pessoas privadas de liberdade, em Pernambuco, no Enem PPL.

Os horários de aplicação serão os mesmos do Enem regular. Os portões abrem às 11h30 e fecham às 13h. A prova começa a ser aplicada às 13h30. Na terça-feira, os participantes farão a redação e as provas objetivas de linguagens e ciências humanas. O tempo de prova é 5h30. Na quarta-feira, terão cinco horas para resolver as questões de matemática e ciências da natureza.

Entre os internos da Funase, o maior número de candidatos do Enem está no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana, que teve 14 inscritos. A aplicação das provas ocorrerá em salas de aulas de dentro da unidade.

Já no regime de semiliberdade são 31 participantes, sendo o maior quantitativo composto por adolescentes em atendimento na Casa de Semiliberdade (Casem) Harmonia, que fica na Zona Norte do Recife. Ainda haverá participantes em unidades da Funase em Timbaúba, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde e Petrolina.

Para os detentos, o exame acontecerá em 24 estabelecimentos penais do Estado, sendo 23 unidades prisionais e uma cadeia pública. O Presídio Rorinildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares, na Zona da Mata, é a unidade com o maior número de candidatos (170), seguido do Presídio de Igarassu (PIG), na Região Metropolitana (138), e o Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros (Pjallb), no Complexo do Curado (122), no Recife.

NO PAÍS

No Amazonas, o Enem acontecerá para cerca de 160 mil estudantes, que tiveram a aplicação do Enem regular suspensa por causa da pandemia. O mesmo aconteceu em Rolim de Moura (RO), onde estavam inscritos 2.863 e em Espigão D'Oeste (RO), com 969 inscritos. 

Desde a última sexta-feira (19), está disponível o cartão de confirmação com os locais de prova da reaplicação do Enem 2020 na Página do Participante. No cartão também constam o número de inscrição, data, hora das provas, opção de língua estrangeira e atendimento especializado ou tratamento por nome social, caso essas solicitações tenham sido feitas e aprovadas. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda que os participantes imprimam o cartão de confirmação e levem nos dias do exame.

Os resultados finais, tanto do Enem digital quanto do Enem impresso e da reaplicação, serão divulgados no dia 29 de março.

As notas do Enem poderão ser usadas para ingressar no ensino superior e para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni), e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Comentários

Últimas notícias