COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Falta de energia em câmpus da UFRPE prejudica candidatos do SSA 2 da UPE

Provas estavam sendo aplicadas na tarde de segunda-feira quando faltou energia no bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife. Havia exame em três prédios da UFRPE

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 02/02/2021 às 10:38
Notícia
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Provas aconteceram em fevereiro - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizado às 16h15

A falta de energia, na tarde de segunda-feira (1º), no bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, prejudicou candidatos que estavam fazendo provas do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). Havia 1.044 alunos do 2º ano do ensino médio inscritos no SSA 2 e designados a realizar os testes em três prédios da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). O exame começou às 14h30 e foi até 18h30. Por volta das 17h faltou energia e os estudantes tiveram que terminar as provas no escuro.

O caso foi denunciado ao Ministério Público Estadual. A denúncia está na Promotoria de Justiça de Educação da Capital. Os candidatos estavam no Centro de Ensino de Graduação Obra-Escola (CEGOE), no Centro de Ensino de Ciências Agrárias I (CEAGRI) e no Centro de Ensino de Ciências Agrárias II (CEAGRI). No Recife, a UPE usou 34 prédios para aplicar o SSA 2.

Segundo a assessoria de imprensa da UFRPE, houve um problema em um transformador, o que deixou todo o bairro  de Dois Irmãos sem energia entre 17h e 22h. Em algumas salas, fiscais acenderam as lanternas de seus celulares para diminuir a escuridão. Mesmo assim, o problema não foi resolvido e alunos relatam que não conseguiram terminar as provas tranquilamente.

"Por volta das 15h as lâmpadas começaram a falhar. Umas 17h caiu a energia. A fiscal disse que se não normalizasse, a prova seria cancelada. Depois falou que a gente teria mais tempo para acabar as provas. Só que ficou difícil responder por causa do escuro. Eu mesmo ainda não tinha feito a prova de química quando escureceu. Outros fiscais levaram celular para iluminar sala com a lanterna, mas não adiantou muito", contou o estudante Diego Nogueira, 17 anos, aluno do Colégio Fazer Crescer. Ele fez prova no Ceagre 1.

ESCLARECIMENTOS

A comissão do vestibular da UPE informou, por meio de nota, que teve conhecimento da falta de energia e que "tão logo o fato ocorreu, a equipe gestora da Universidade de imediato tomou todas as medidas necessárias junto com a Celpe, visando à solução do problema, bem como entrou em contato com a UFRPE para reforço na segurança e vistoria dos três prédios onde ocorriam as provas", explica.

A UPE disse ainda que "está analisando com zelo o ocorrido e na próxima segunda-feira, dia 8, emitirá aos candidatos envolvidos os encaminhamentos a serem adotados".

No MPPE, o caso será investigado pelo promotor Salomão Abdo Aziz Ismail Filho, da 22ª Promotoria de Justiça. Ele informou que recebeu a denúncia na manhã desta terça-feira.

"Vou instaurar um procedimento investigatório. A UPE será chamada para prestar esclarecimentos", explicou o promotor. Conforme for a resposta da universidade e o que fará para resolver o problema, Salomão decidirá o que fazer. O prazo legal é que ele se manifeste em 10 dias úteis.

A Celpe informou que "a interrupção de energia foi motivada pela avaria de um componente da rede elétrica. Equipes da prontidão foram mobilizadas ainda na tarde da segunda-feira, mas, diante da complexidade do serviço, o restabelecimento da energia foi concluído por volta das 22h".

 

O SSA 2 começou no último domingo. Neste dia, os estudantes responderam 44 questões, distribuídas entre as disciplinas de português, matemática, física, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e filosofia.

Na segunda-feira, eles foram submetidos a 46 questões divididas entre as disciplinas de biologia, química, história, geografia e sociologia. O SSA 2 teve 22.836 inscritos na seleção. A abstenção foi de 12,20%, o que representa 2.787 candidatos faltosos. (Texto atualizado às 16h15 para inclusão do posicionamento da UPE)

Comentários

Últimas notícias