COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Devido à pandemia, Colégio de Aplicação da UFPE realizará sorteio para preencher vagas

Decisão é excepcional e foi motivada para evitar descumprimento das medidas sanitárias, caso houvesse aplicação de provas

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 15/03/2021 às 16:32
Notícia
André Nery
Haverá 56 vagas para 6º ano do ensino fundamental - FOTO: André Nery
Leitura:

Pela primeira vez, as vagas do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) serão preenchidas por meio de sorteio. Não haverá prova de seleção devido à pandemia de covid-19. Serão 56 vagas para o 6º ano do ensino fundamental e 10 para outras séries. Não há data ainda para realização do sorteio, mas a previsão é que o edital seja divulgado ainda esta semana. As aulas do ano letivo 2021 serão iniciadas em abril.

"A cada edição do processo seletivo, registramos milhares de pessoas no campus. Isso não é recomendável em um período que requer medidas de isolamento social. A manutenção da seleção tradicional, com a realização de provas presenciais, seria um risco às crianças e aos servidores envolvidos no processo de seleção. Nesse sentido, o Pleno do Colégio de Aplicação da UFPE optou pelo sorteio público, assim como já fazem os demais colégios de aplicação ligados às universidades federais", explica o diretor do colégio, Erinaldo do Carmo.

Ele diz que a cada mais de cinco mil pessoas participam direta e indiretamente do processo de seleção do CAp-UFPE. São aproximadamente 200 pessoas que atuam como fiscais e pessoal de apoio e uma média de 2.000 candidatos. "As crianças vêm acompanhadas dos pais, que ficam no entorno dos prédios aguardando os filhos até o final da prova", observa o diretor.

O sorteio para preenchimento das vagas, informa Erinaldo, já é uma prática comum aos demais colégios federais e, nesse contexto de pandemia, torna-se ainda mais adequada em virtude da garantia à saúde das pessoas envolvidas no processo seletivo.

"O CONDICAP, Conselho Nacional dos Dirigentes das Escolas de Educação Básica das Instituições Federais de Ensino Superior, orienta o sorteio público como a forma mais adequada de acesso aos colégios de aplicação das universidades federais", ressalta.

APROVAÇÃO

O Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da UFPE aprovou a proposta do CAp nesta segunda-feira (15). A decisão é excepcional para esse momento de recrudescimento da pandemia da covid-19.

"O edital, com as regras do sorteio público, será divulgado o mais breve possível. O edital manterá a classificação dos candidatos em grupos distintos, como já ocorre na seleção tradicional: metade das vagas são destinadas aos candidatos que estudaram unicamente na rede pública e a outra metade aos estudantes oriundos de escolas privadas, ou que em algum momento da vida escolar tenham estudado em escola privada", explica Erinaldo.

O sorteio será realizado por sistema eletrônico, com o apoio da STI, Superintendência de Tecnologia da Informação da UFPE, e acompanhamento da Comissão designada pela Direção do Colégio, além da presença de convidados, mantidos todos os protocolos de segurança.

Comentários

Últimas notícias