COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

UPE divulga os primeiros colocados no SSA 3. Veja quem são

Listão dos aprovados também foi liberado na manhã desta terça-feira. A UPE ofereceu 1.740 vagas, disputadas por 11.633 estudantes

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 06/04/2021 às 10:25
Notícia
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Maria Bacallá, primeiro lugar geral do SSA 3 da UPE, diz que a conquista é fruto de um trabalho coletivo - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 20h

A Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou, na manhã desta terça-feira (06), os candidatos que foram primeiro colocados no Sistema Seriado de Avaliação (SSA) 3. O listão com os nomes de todos os 1.740 estudantes que conquistaram vaga no processo seletivo também foi liberado por volta das 11h. O resultado pode ser conferido exclusivamente online, nos sites da UPE (www.upe.br) e do Processo de Ingresso (www.processodeingresso.upe.pe.gov.br).

Desta vez o primeiro lugar geral ficou com uma candidata do curso de direito. Maria Magalhães Bacallá, 17 anos, teve média geral 90,33 e foi aprovada no câmpus Recife. Maria estudou no Colégio Equipe, que fica no bairro da Torre, no Recife. "Não esperava ficar em primeiro lugar. Essa nota é resultado de um trabalho conjunto. Tive uma boa base como estudante, mas não foi uma conquista individual. Tem muita gente por trás, como meus professores, meus coordenadores, a escola, meus pais e meus amigos", conta Maria. 

O segundo colocado geral no SSA 3 foi Bruno Maia de Oliveira Duarte, aprovado em medicina no câmpus Recife, com nota 90,30. Ele estudou no Colégio Santa Maria, em Boa Viagem, Zona Sul da capital. A terceira maior nota ficou com Vitor Manoel de Melo Silva, também de medicina, no Recife, com média  90,23. Vitor foi do Colégio Motivo.

Entre os cotistas, o primeiro lugar é de Artur de Oliveira Macena Lobo, classificado em medicina com nota 85,10. Ele cursou o ensino médio na Escola de Aplicação do Recife, vinculada à UPE. "Mantive o foco nos estudos. O segredo é ter um objetivo e fazer tudo para conquistá-lo", afirma Artur.

Depois, na segunda colocação está Paulo Roberto Dias da Silva Filho, aprovado em engenharia da computação e média 78,67. Paulo foi aluno da Escola de Aplicação Professor Chaves, que fica em Nazaré da Mata, na Zona da Mata, e também é ligada à UPE. O terceiro lugar pelo sistema de cotas ficou com Joanna Maria Medeiros Souto, também de medicina e nota 78,40, colega de escola de Artur.

Divulgação
Vitor Manoel de Melo Silva, aprovado em medicina no SSA 3, ficou em terceiro lugar geral com média 90,23 - Divulgação
DIVULGAÇÃO
Maria Magalhães Bacallá, 17 anos, teve média geral 90,33 e foi aprovada em primeiro lugar geral no SSA 3 da UPE. Ela foi aprovada em direito - DIVULGAÇÃO
Divulgação
O segundo colocado geral no SSA 3 foi Bruno Maia de Oliveira Duarte, 18, aprovado em medicina no câmpus Recife, com nota 90,30. Ele estudou no Colégio Santa Maria - Divulgação
Acervo pessoal
Artur Lobo passou em primeiro lugar no SSA 3, da UPE, entre os cotistas. Foi aprovado em medicina - Acervo pessoal

Veja os nomes e notas:

Primeiros lugares - Sistema de Cotas

Artur de Oliveira Macena Lobo, medicina - Recife - nota 85,10
Paulo Roberto Dias da Silva Filho - engenharia da computação - Recife - 78,67
Joanna Maria Medeiros Souto - Medicina - Recife - 78,40

Primeiros lugares - Ampla concorrência
Maria Magalhães Bacallá - direito - Recife - 90,33
Bruno Maia de Oliveira Duarte - medicina - Recife - 90,30
Vitor Manoel de Melo Silva - medicina - Recife - 90,23

No vestibular seriado, os alunos realizam três provas, ao final de cada série do ensino médio. Com o resultado das três avaliações é calculada uma média. Com essa nota o candidato concorre a vagas de graduação. A escolha pelo curso só é feita no SSA 3. Na composição da média final, o SSA 1 vale 30%, o SSA 2 também 30% e o SSA 3, 40%.

MATRÍCULAS

As 1.740 vagas ofertadas no SSA 3 foram disputadas por 11.663 candidatos. A seleção teve 14.285 inscritos, mas 2.622 faltaram às provas, aplicadas no início de fevereiro. 

Para quem conquistou vagas é importante ficar atento ao período de matrículas (veja edital). Será entre os dias 20 e 23 de abril, pela manhã, das 8h às 13h. Aqueles que não fizerem suas matrículas, nesses dias, serão automaticamente desclassificados. O primeiro remanejamento será divulgado no dia 14 de maio.

As matrículas dos cursos oferecidos em Recife e em Camaragibe deverão ser feitas, nos horários indicados, nas respectivas unidades. Os candidatos classificados nos cursos oferecidos no interior deverão se dirigir às unidades correspondentes aos cursos ao qual se inscreveram.

Para realizar a matrícula, o estudante deverá apresentar duas fotos 3x4 atualizadas, e ainda, original e fotocópia ou, apenas fotocópia autenticada dos seguintes documentos:

- Carteira de identidade
- CPF
- Certificado de conclusão do ensino médio com respectivo histórico escolar. Para cotista, o histórico escolar deve comprovar que estudou os três anos do ensino médio e os anos finais do 6º ao 9º do ensino fundamental em escola pública estadual ou municipal
- Certidão de nascimento ou de casamento
- Título de eleitor e comprovante de votação
- Para homens, prova de quitação do serviço militar, se maior de 18 anos

* Os ingressantes cotistas, residentes em Recife ou Região Metropolitana de Recife que já são beneficiados com passagens gratuitas através do cartão VEM RMR, deverão apresentar original e fotocópia do cartão

REMANEJAMENTO

Na próxima terça-feira (13) a comissão do vestibular vai liberar a lista dos estudantes que poderão ser remanejados. Mas somente em 14 de maio sairá a primeira relação de remanejamento, uma vez que as matrículas dos aprovados será entre 20 e 23 de abril. No cronograma previsto no edital de matrícula há mais quatro remanejamentos. Porém só vão acontecer se houver vagas sobrando. O primeiro semestre letivo de 2021 da UPE começa em 13 de outubro.

Embora somente na próxima semana saia a lista dos remanejáveis, os candidatos podem acessar o seu resultado, individualmente, na página do processo seletivo. Ao colocar CPF, login e senha, o estudante confere suas notas por disciplina e sua posição no curso. Uma dúvida muito comum entre os vestibulandos é a seguinte (um exemplo): "A graduação que quero tem 25 vagas e a minha posição no curso é a 26ª. Significa que eu sou o primeiro da lista de remanejamento?".

"Não necessariamente. Classificamos todos os candidatos na ordem da maior para a menor média, sem separar entre concorrentes do sistema universal e do sistema de cotas", explica o presidente da comissão do vestibular e pró-reitor de graduação da UPE, Ernani Martins. A posição que aparece para o estudante, portanto, é a que ele ocupa no curso sem distinção do formato a que ele está concorrendo.

Quando acabar a matrícula, a comissão da UPE observa quantas vagas sobraram do sistema universal e quantas das cotas e faz uma nova classificação. Voltando ao exemplo do parágrafo anterior: esse candidato da 26ª posição tem que saber se a vaga que está ociosa é para o sistema universal ou para as cotas. E se ele se encaixa no perfil. Se sim, ele será o primeiro da lista de remanejamento.

A UPE destina 20% do total de vagas, 1.740, para cotistas. São 348 vagas destinadas a estudantes que tenham cursado integral, exclusiva e regularmente os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) e todo o ensino médio em escolas da rede pública estadual ou municipal.

Comentários

Últimas notícias