COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Bônus na nota do Enem, para medicina na UFPE, aumenta em quase cem pontos a nota de corte no Sisu

Primeira nota de corte foi divulgada pelo MEC nesta quarta-feira, segundo dia de inscrições no Sisu. Feras que estudaram em Pernambuco têm direito ao bônus no Enem

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 07/04/2021 às 17:46
Foto: Pixabay
Curso de medicina na UFPE tem 140 vagas no câmpus Recife - FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

Alterada às 18h

Pela primeira vez a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está oferecendo bônus de 10% na nota do Enem para os candidatos de Pernambuco inscritos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que vão concorrer às vagas de medicina no câmpus Recife. O curso tem 70 vagas para ingresso no 1º semestre e 70 vagas para o 2º semestre.

Nesta quarta-feira (07), segundo dia de inscrições no Sisu, foi divulgada a primeira nota de corte por graduação. Devido ao bônus, a média cresceu quase cem pontos, se comparado com a primeira nota do Sisu de janeiro do ano passado, considerando apenas a ampla concorrência (sem cotas). Vale lembrar que as notas do Enem, usadas no Sisu, vão de zero a mil pontos (e não de zero a 10, como acontece na escola).

A nota de corte para medicina no Recife, no primeiro dia de inscrição no Sisu ano passado foi 779,5. Conforme o site deste ano, essa nota foi 869,48 nesta quarta. Essa média já é maior que a registrada pelo candidato aprovado, ano passado, em primeiro lugar no curso. De acordo com levantamento da Pró-reitora de Graduação, o estudante que obteve a maior nota em medicina em 2020 somou 842,1 pontos.

A nota de corte muda a cada dia do Sisu. Como as inscrições vão até sexta-feira (09), o MEC vai divulgar novas médias mais duas vezes: na quinta e na sexta. A nota é a do candidato que ocupa a última vaga ofertada na graduação.

QUEM TEM DIREITO

O bônus é concedido ao candidato que cursou e concluiu todo o ensino médio em escolas regulares e presenciais (pública ou privada) de Pernambuco. A justificativa para aumentar a nota dos feras pernambucanos é porque nos últimos quatro anos (de 2017 a 2020), as vagas de medicina da UFPE, no Recife, tiveram uma ocupação média de 49% de estudantes de outros Estados brasileiros. Ano a ano, o percentual é maior que esse, com exceção de 2020: 51,1% em 2017, 51,4% em 2018, 53,4% em 2019 e 41,7% em 2020.

Saiba mais sobre os bônus nas universidades de Pernambuco

A UFPE já dá bônus para candidatos que fizeram todo o ensino médio em colégios da Zona da Mata e do Agreste pernambucano e que disputam vagas em todos os cursos ministrados nas unidades acadêmicas de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, e Caruaru, no Agreste. No Recife, apenas medicina terá bônus no Sisu.


Comentários

Últimas notícias