COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Professores da rede estadual de Pernambuco discutem em assembleia retorno de aulas presenciais. Greve não está descartada

Sintepe, sindicato que representa a categoria docente, é contra a volta das aulas presenciais a partir de segunda-feira (19), como determinou o governo de Pernambuco

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 15/04/2021 às 13:49
Notícia
Agência JCMazella/Sintepe/Divulgação
Sintepe lançou campanha esta semana em que defende o retorno das aulas presenciais somente quando os docentes forem vacinados - FOTO: Agência JCMazella/Sintepe/Divulgação
Leitura:

Professores da rede estadual participam, na tarde desta quinta-feira (15), de assembleia virtual para tratar, entre outros assuntos, da retomada das aulas presenciais, programada a partir da próxima segunda-feira (19). O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) defende que devido aos números da pandemia de covid-19, o momento é de manter as atividades remotas. A possibilidade de greve não está descartada.

"Existe a possibilidade sim de greve, mas isso será discutido com a categoria. Defendemos que não haja o retorno das aulas presenciais, com a permanência das aulas online", afirma a presidente do Sintepe, Valéria Silva. A direção do sindicato teve uma negociação antes da assembleia com o secretário estadual de Educação, Marcelo Barros. A reunião do Sintepe com a categoria está programada para começar às 14h30.

As aulas presenciais foram suspensas pelo governo de Pernambuco em 18 de março. Nas escolas estaduais, o retorno das atividades nas unidades começa segunda-feira com turmas da educação infantil, 1º ao 5º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio. Contrários à retomada neste momento da pandemia,

Na semana seguinte, no dia 26 de abril, haverá a retomada dos estudantes dos 8º e 9º anos do ensino fundamental e 2º ano do ensino médio. Por último, no dia 3 de maio, a autorização será para os 6º e 7º anos do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio.

PANDEMIA

A Secretaria Estadual de Saúde registrou, nesta quinta-feira (15), 1.868 casos de covid-19. Entre os confirmados, 152 (8%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.716 (92%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 376.983 pessoas que tiveram a doença, sendo 38.204 graves e 338.779 leves.

O boletim também informa que houve óbitos, ocorridos entre 10 de junho de 2020 e ontem, dia 14. Com isso, o Estado totaliza 13.051 mortes pela covid-19. 

CAMPANHA

O Sintepe afirma que escola não é um ambiente seguro para atividades presenciais neste momento da pandemia. Na semana a entidade lançou a campanha “Respeite nossas vidas! Vacine os/as Trabalhadores/as em Educação!”.

A ideia, conforme o sindicato, é reforçar a necessidade de vacinar os docentes, além de manter as aulas remotas. Foram colocados, na campanha, personagens do dia a dia das escolas pernambucanas: estudantes, trabalhadores/as em educação (administrativos e analistas) e professores.

 

 

Comentários

Últimas da Coluna

Últimas notícias