EDUCAÇÃO

Após se formar, jovem que entrou em medicina aos 14 anos quer atuar na linha de frente contra a covid-19

José Victor Teles, hoje com 20 anos, ficou conhecido em 2015 por ter sido aprovado na graduação de medicina na Universidade Federal de Sergipe aos 14 anos

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 13/05/2021 às 11:38
Notícia
Reprodução/Facebook
O jovem José Victor Teles, foi aprovado em medicina na Universidade Federal de Sergipe aos 14 anos. - FOTO: Reprodução/Facebook
Leitura:

Hoje com 20 anos, José Victor Teles foi aprovado na graduação de medicina na Universidade Federal de Sergipe aos 14 anos. Seis anos depois, em 2021, o universitário se formou no curso e afirma não ter pressa para decidir a especialização, mas que pretende atuar na linha de frente contra a covid-19.

José Victor acredita ser um dos médicos mais novos do mundo. "Após buscas criteriosas, encontrei médicos no Brasil com 23 anos e com 22. Nos Estados Unidos encontrei um com 21 anos, na Universidade de Chicago. Não há nenhum caso registrado de medicina com 20 anos de idade", afirmou o jovem à TV Sergipe.

 

O diploma conquistado pelo garoto foi antecipado por uma portaria aberta pelo governo federal que, em função da pandemia, adiantou a graduação dos estudantes do último período dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia.

"Momento ímpar para qualquer pai, qualquer família. Não encontro o que dizer", afirma o pai do garoto, José Mendonça Teles, emocionado com a formatura do filho.

 

Na contramão da saída, a entrada de João Teles na universidade precisou ser conquistada na justiça, pois o garoto passou no vestibular sem ter concluído o ensino médio. Após um processo, o jovem conseguiu autorização para ingressar no curso.

Comentários

Últimas notícias