dinheiro extra

Professores da Rede Estadual de Pernambuco mais perto de receberem bônus que totaliza R$ 52 milhões

A rede estadual tem cerca de 35 mil docentes ativos, entre efetivos e temporários. Desse total há aproximadamente 19 mil efetivos, segundo a Secretaria Estadual de Educação

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 12/10/2021 às 15:04
Notícia
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Professores receberão bônus que totaliza R$ 52 milhões - FOTO: YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 11h30 de 13/10

Está mais perto dos docentes da rede estadual receberem o Bônus de Desempenho Educacional (BDE), uma premiação extra em dinheiro paga pelo governo de Pernambuco para profissionais das escolas que atingem metas pactuadas. O governador Paulo Câmara (PSB) sancionará lei que altera o critério de concessão do bônus nesta quarta-feira (13) às 9h no Palácio do Campo das Princesas, na Praça da República, Centro do Recife.

O salário extra deverá ser pago justamente no Dia do Professor, na próxima sexta-feira (15). O investimento será de R$ 71 milhões.

Semana passada, a Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou o pedido do Executivo estadual para modificar um dos artigos da lei. Agora só faltam a sanção do governador e a publicação de um decreto com o detalhamento do pagamento.

A novidade é que, excepcionalmente, por causa da pandemia de covid-19, serão usados os indicadores de 2019 do Estado no Sistema de Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), realizado pelo MEC. Ficará de fora o Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (Saepe), organizado pelo Estado, já que ano passado não houve aplicação das provas desse sistema devido ao coronavírus.

A rede estadual tem cerca de 35 mil docentes ativos, entre efetivos e temporários. Desse total há aproximadamente 19 mil efetivos, segundo a Secretaria Estadual de Educação. Mas todos recebem o bônus, com exceção dos profissionais vinculados a escolas indígenas.

O governo vai desembolsar agora mais que o dobro destinado ao pagamento do BDE de 2020. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, o investimento será de R$ 52 milhões. A projeção é que 876 escolas (são 1.055 colégios na rede estadual) tenham atingido total ou parcialmente as metas. Ano passado o valor do benefício foi de R$ 21,7 milhões e contemplou 635 unidades de ensino.

O BDE é regulamentado pela lei nº 13.486, de julho de 2008. É pago a todos os funcionários das escolas estaduais e das Gerências Regionais de Educação (GREs) que consigam atingir as metas pactuadas. Só recebe o bônus a unidade que alcançar no mínimo 50% dessas metas.

Além da sanção do BDE, Governo de Pernambuco também detalhará nesta quarta novo concurso público para a Secretaria de Educação.

Comentários

Últimas notícias