COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Minha nota na redação do Enem vai baixar se eu me posicionar contra o governo Bolsonaro? Professores respondem

A declaração do presidente da República, Jair Bolsonaro, de que o Enem "começa agora a ter a cara do governo" deixou estudantes preocupados em relação à redação, única prova subjetiva do exame. A avaliação será aplicada no próximo domingo (21)

Margarida Azevedo
Cadastrado por
Margarida Azevedo
Publicado em 16/11/2021 às 19:18 | Atualizado em 17/11/2021 às 11:28
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Além da redação, candidatos respondem neste domingo (19) outras 42 questões das disciplinas de português, matemática, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e filosofia - FOTO: YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Leitura:

A declaração do presidente da República, Jair Bolsonaro, de que o Enem "começa agora a ter a cara do governo" deixou estudantes preocupados em relação à redação, única prova subjetiva do exame. A avaliação será aplicada no próximo domingo (21), juntamente com os testes objetivos de ciências humanas e de linguagens. Uma boa nota na dissertação faz muita diferença na média final e, consequentemente, aumenta a chance de aprovação em cursos de graduação mais concorridos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Posso me posicionar contra o tema proposto? Tenho que concordar com o problema apresentado? Minha nota vai baixar se eu tiver opinião diferente do atual governo ou do professor que vai corrigir meu texto? Essas são algumas das indagações que os vestibulandos estão fazendo.

"A redação é o espaço para a argumentação, é o momento da prova em que o aluno pode e deve emitir a própria opinião, desde que esteja embasada e com fonte e que não fira os direitos humanos. Ele pode defendê-la tranquilamente, seja a favor ou contra o governo, não há problema. O importante é que traga argumentos que comprovem essa defesa", afirma o professor Alex Inácio, do Colégio Dom, que fica em Olinda, no Grande Recife.

"A correção da redação do Enem adota critérios muito técnicos. É bobagem o aluno se preocupar se vai seguir uma linha de direita ou de esquerda. Ele deve ficar atento ao que o corretor vai observar na hora de avaliar seu texto", diz a professora Ana Cristina Verdasca, do Colégio Santa Maria, localizado em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. "O texto precisa ter os elementos coesivos entre os parágrafos. Também repertório sociocultural bem contextualizado e uma boa proposta de intervenção. Isso vai influenciar na nota final", observa Ana Cristina.

Alex Inácio lembra que o texto de cada candidato passa por dois corretores. "A banca do Enem vai verificar se o estudante apresentou sua opinião sobre o tema e como a defendeu. O posicionamento pessoal do corretor não deve interferir na forma como ele vai corrigir o texto", destaca o professor do Colégio Dom.

Cada avaliador atribuirá uma nota entre zero e 200 pontos para cada uma das cinco competências definidas na cartilha de redação do Enem. "A soma desses pontos comporá a nota total de cada avaliador, que pode chegar a 1.000 pontos. A nota final do participante será a média aritmética das notas totais atribuídas pelos dois avaliadores", explica um trecho do manual.

O professor não acredita que o tema da redação vai ser diferente do perfil dos que foram colocados nas edições passadas. "É sempre um tema com problemática social e de cunho nacional", diz Alex Inácio. No Enem 2020, realizado no último mês de janeiro, os candidatos escreveram sobre "O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira". Já a versão digital, aplicada em fevereiro, abordou “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil”.

"A prova de redação tem um peso muito grande. Até que ponto poderei me posicionar? É uma preocupação que surgiu após a declaração do presidente Bolsonaro", comenta Mariana Costa, 18 anos, fera de engenharia civil e aluna do Dom. "Estou tentando manter o equilíbrio para as provas", afirma a jovem. Será seu primeiro Enem valendo para tentar ingresso no ensino superior. Mas ela já encarou o exame outras três vezes. Participa desde o 9º ano do ensino fundamental.

DICAS

Nessas dias que antecedem a prova, Alex Inácio sugere que o estudante reúna os últimos textos que escreveu e observe os erros que se repetem. "Que dificuldades foram recorrentes? Como resolvê-las? É melhor fazer esse exercício do que escrever novas redações se não houver um professor para corrigi-las", diz. Ele lembra que é imprescindível que as palavras-chave do tema estejam na dissertação.

Na conclusão, o candidato não pode esquecer de incluir quem vai resolver o problema (agente), qual será a proposta de intervenção (ação), como será feita (meio), com que fim (finalidade) e o detalhamento de como vai ser colocada em prática.

Ana Cristina reforça que deixar recados para o corretor é um dos motivos para levar zero na prova. "O estudante deve escrever com letra legível e diferenciar maiúsculas de minúsculas. É importante marcar bem o início do parágrafo e não ultrapassar as 30 linhas. Não pode escrever nada nas margens da folha", afirma a professora do Santa Maria. Dissertação com sete linhas ou menos também terá nota zero.

INSCRITOS

Estão inscritos, no País, 3.109.762 participantes, dos quais 178.777 farão os testes em Pernambuco. Pela primeira vez os dois formatos da avaliação, impresso e digital, acontecerão nas mesmas datas. É também a primeira vez que acontece duas edições do Enem em um mesmo ano.

Por causa da pandemia de covid-19, o exame de 2020 foi adiado para janeiro e fevereiro deste ano. O total de participantes no Enem impresso é de 3.040.871, dos quais 176.680 estarão no Estado. Para os testes digitais há 68.891 inscritos. Desses, 2.097 responderão às questões em três cidades pernambucanas: Recife, Caruaru (Agreste) e Petrolina (Sertão).


FIQUE LIGADO

Os corretores vão avaliar se o estudante consegue cumprir:

Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto
dissertativo-argumentativo em prosa
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos

O que dá nota zero na redação ?

• Fuga total ao tema;
• Não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;
• Escrever até sete linhas
• Cópia de textos da prova de redação ou do caderno de questões sem que haja pelo menos 8 linhas de produção própria do participante
• impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação
• números ou sinais gráficos sem função clara em qualquer parte do texto ou da folha de
redação
• parte deliberadamente desconectada do tema proposto
• assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente designado para a assinatura do participante
• texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira
• folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho
• texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes

 

Comentários

Últimas notícias