COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Notas do Enem 2021 só sairão depois da segunda quinzena de janeiro de 2022. Feras esperam, agora, datas do Sisu

Neste domingo candidatos fizeram o segundo e último dia de provas do Enem. Eles responderam 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 28/11/2021 às 20:43
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
ABSTENÇÃO Dos 3.109.802 inscritos no Enem no País, compareceram, no 2º dia do exame, 2.179.559 estudantes, o que representa índice de 70,1% - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Terminada a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (28), o sentimento da maioria dos candidatos é de alívio depois de uma maratona que envolve dois dias, 180 questões de quatro provas objetivas e uma redação. Também de expectativa pela divulgação dos gabaritos oficiais e dos resultados individuais. Com a nota da avaliação, os participantes podem concorrer a milhares de vagas em mais de cem universidades públicas no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pela avaliação, os gabarito oficiais serão liberados até a próxima quarta-feira (dia 1º), assim como os cadernos de provas.

Mas mesmo conferindo a quantidade de acertos e erros, o estudante não tem como saber qual é sua nota final. Porque no Enem o cálculo da nota é feito por um modelo matemático chamado de Teoria da Resposta ao Item (TRI), em que cada questão é um item. Essa teoria considera para o cálculo da nota a consistência da resposta segundo o grau de dificuldade de cada questão. A média não é calculada usando-se somente o número de acertos.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Débora Gomes, 17 anos, comemora o fim das provas do Enem e a conclusão do ensino médio - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Muitos parentes e amigos aguardaram até a saída dos estudantes - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Movimentação em frente a UNIBR para prova do ENEM Maria do Carmo Mendonça, 56, psicóloga - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Movimentação em frente a UNIBRA para prova do ENEM - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

Oficialmente não foi informado ainda pelo Inep quando serão liberadas as notas individuais do Enem. É certo, entretanto, que não sairão antes da primeira quinzena de janeiro. Porque a segunda aplicação do exame será nos dias 9 e 16 de janeiro. É voltada para candidatos privados de liberdade, estudantes que adoeceram de covid-19 ou enfrentaram problemas logísticos na primeira edição.

Também para os participantes que se inscreveram entre 14 e 26 de setembro, após nova oportunidade destinada às pessoas isentas da taxa de inscrição que faltaram ao Enem 2020 - 280.145 candidatos, nesse caso.

As notas de todos os candidatos sairão juntas - dos que fizeram as provas nestes dois últimos domingos de novembro e daqueles que ainda farão o exame em janeiro de 2022. 

Cronograma do Sisu 2022

Igualmente não foi divulgado ainda pelo Ministério da Educação (MEC) o cronograma da primeira edição do Sisu 2022. De Pernambuco, participam do sistema as cinco universidades públicas e os dois institutos federais: UFPE, UFRPE, UFAPE, Univasf, UPE, IFPE e IF do Sertão.

"Esse calendário ainda está sendo construído. Mas o indicativo é que as inscrições do Sisu sejam em fevereiro ou março", explica a pró-reitora de graduação da UFRPE e coordenadora nacional do Colégio de Pró-reitores de Graduação das Ifes (COGRAD), Socorro Oliveira. Está aberto, até a próxima sexta-feira (03), o prazo para adesão das universidades ao Sisu 2022.

Comentários

Últimas notícias