COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Prefeitura do Recife convoca 600 novos professores temporários. Concurso, por enquanto, é só promessa

Nomeação dos professores saiu em edição extra do Diário Oficial desta terça-feira (05). Docentes devem começar a lecionar nas escolas municipais de Recife a partir de agosto. Por enquanto, concurso é só promessa

Margarida Azevedo
Cadastrado por
Margarida Azevedo
Publicado em 05/07/2022 às 18:53 | Atualizado em 05/07/2022 às 19:22
Rodolfo Loepert/PCR
EM NÚMEROS Rede municipal do Recife tem cerca de 95 mil alunos e seis mil professores. Há 3.803 docentes que atuam nos anos iniciais do fundamental e 1.160 nas séries finais - FOTO: Rodolfo Loepert/PCR
Leitura:

Seiscentos novos professores vão atuar, com contratos temporários, na rede municipal de ensino do Recife a partir de agosto. Eles participaram de seleção simplificada realizada pela prefeitura no final do ano passado. Por enquanto, nenhuma sinalização da gestão para realização de concurso público.

Decreto autorizando a nomeação dos docentes foi assinado pelo prefeito João Campos e publicado em uma edição extra do Diário Oficial na tarde desta terça-feira (05). São 400 professores para educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º) e 200 para séries finais do fundamental (6ª a 9ª).

De acordo com o secretário municipal de Educação, Fred Amancio, inicialmente os profissionais serão convocados para a entrega e análise de documentação. "Devem chegar às nossas escolas e creches a partir de agosto”, diz Fred Amancio.

A rede municipal tem cerca de 6 mil professores efetivos e 95 mil alunos.. Em janeiro a gestão municipal já havia convocado 500 docentes que tinham participado da seleção simplificada.

O processo seletivo foi realizado em etapa única, eliminatória e classificatória, contemplando a avaliação de experiência profissional e avaliação de títulos. Os salários são de R$ 4.603,50 para carga horária de 270 horas/aulas.

SEM DATA DE CONCURSO

Em junho do ano passado, João Campos anunciou que faria concurso público para selecionar 1.300 professores para a rede municipal de Recife. Até agora, nenhuma sinalização para o certame.

No início de maio deste ano, durante lançamento programa EducaRecife Gestão, o prefeito afirmou que não desistiu do concurso, mas não deu prazo para realização da seleção.

Uma comissão organizadora do concurso foi instituída em 19 de junho de 2021, conforme portaria nº 037 publicada em Diário Oficial nessa mesma data.

Naquele momento, foi informado que "o certame ofertará 1.300 vagas, sendo 1.100 para professores I, contemplando a educação infantil e o ensino fundamental anos iniciais, com carga horária mensal de 145h/a, e 200 para professores II, contemplando o ensino fundamental anos finais, com carga horária de 100h/a".

Comentários

Últimas notícias