Bastidores

PSB rejeita opção de Marília Arraes na chapa da Frente Popular

A especulação surgiu na semana passada e mais parece uma casca de banana para implodir as negociações entre os dois partidos

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 26/01/2022 às 10:14
Reprodução/Instagram
Marília Arraes diz que a prioridade em 2022 é eleger Lula - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

A especulação dando conta de que uma ala da Nacional do PT defende o nome de Marília Arares para o Senado, na chapa da Frente Popular, tem poucas chances de prosperar em Pernambuco. Os próprios aliados da deputada federal não acreditam que haja espaço para uma composição.

"Cá entre nós é quase impossível diante da pressão que o PSB tem feito poque não aceita (o nome de Marília Arraes) de forma alguma. A cúpula deles aqui, com exceção de Paulo Câmara, não aceita de forma alguma o nome de Marília. De Renata (Campos) a Danilo (Cabral), passando por Geraldo Julio, João Campos, ninguém aceita. E o próprio Humberto Costa, obviamente, não tem interesse que ela venha a crescer em termos de liderança interna, o que fatalmente aconteceria se ela conseguisse uma eleição para o Senado", afirma uma fonte do PT, em confiança.

Enquanto isso, o PT encomendou uma pesquisa eleitoral para testar os nomes de Humberto Costa e Marília Arraes. O senador já defendeu a análise do seu nome como candidato ao Governo de Pernambuco, mas a prioridade segue com o PSB, como garantiu o ex-presidente Lula.

Comentários

Últimas notícias