Nova onda diminuiu

Governo Paulo Câmara volta a liberar férias dos profissionais da saúde

Estado tinha proibido pedidos de férias, por avanço da variante ômicron

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 23/02/2022 às 14:46
MIVA FILHO/SES
INDICADORES Longo diz que PE passou pelo pior momento da ômicron - FOTO: MIVA FILHO/SES
Leitura:

Em janeiro, o Blog revelou em primeira mão, inclusive para os servidores, que o Governo de Pernambuco tinha editado portaria proibindo o gozo de férias de profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros.

O motivo, na época, foi o avanço da variante ômicron da covid-19.

Agora, nova portaria revoga a anterior, para "autorizar o gozo de férias a partir de 1º de março de 2022 e nos meses consecutivos dos trabalhadores da Rede Estadual de Saúde, abrangendo servidores efetivos e comissionados, bem como contratados por tempo determinado e demais colaboradores da Secretaria Estadual de Saúde".

O motivo informado pela Secretaria foi o "atual cenário epidemiológico e assistencial da pandemia, sendo observada uma desaceleração da variante Ômicron, com queda no registro de casos".

As férias programadas para o mês de fevereiro de 2022 e que, não foram gozadas, poderão ser gozadas a qualquer tempo em comum acordo com a chefi a imediata, desde que não acarrete descontinuidade do serviço.

A partir de 1º de março de 2022 o gozo da licença prêmio, bem como da concessão de licença para trato de interesse particular e suas prorrogações, também estão liberados para os servidores efetivos da Secretaria Estadual de Saúde.

O ato foi assinado, sem alarde, pelo secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, nesta terça-feira (22).

Comentários

Últimas notícias