Frente popular

'O Brasil piorou muito com Bolsonaro' diz Danilo Cabral

Candidato do PSB, Danilo Cabral, critica o presidente Bolsonaro, em nova fala pelo interior do Estado

JAMILDO MELO
Cadastrado por
JAMILDO MELO
Publicado em 13/05/2022 às 10:34 | Atualizado em 13/05/2022 às 10:40
Divulgação
O deputado federal Danilo Cabral disse que Bolsonaro retalia Pernambuco - FOTO: Divulgação
Leitura:

O pré-candidato a governador de Lula em Pernambuco, o deputado federal Danilo Cabral, responsabilizou o presidente da República pela crise que passa o país. Danilo classificou Bolsonaro como inimigo do estado, ressaltando que o mandatário retalia Pernambuco.

Nesta linha, o socialista defendeu um “reencontro de Pernambuco com o Brasil” por meio da eleição de Lula presidente.

“Por trás disso tudo, o que ajuda a aprofundar as desigualdades deste país é uma condução muito irresponsável do presidente Bolsonaro, que tem tratado o povo brasileiro com desrespeito, com descaso. Que tem tudo feito para prejudicar a nossa vida. A verdade é que o Brasil piorou muito com Bolsonaro presidente. E a gente tem visto ainda de forma mais perversa para o Nordeste e para Pernambuco. Ele nos trata com retaliação, com discriminação e com preconceito. Não ajuda o nosso estado”, afirmou Danilo.

O pré-candidato defendeu a dobradinha com Lula.

"...para Pernambuco e o Brasil voltarem a ser felizes. Lula vai ser presidente. E nós vamos fazer esse reencontro de Pernambuco com o Brasil. Quero dizer a Pernambuco que estou pronto para esse desafio. Nós vamos aprofundar as mudanças iniciadas com Eduardo Campos”, afirmou Danilo.

Nesta quinta, Danilo esteve em Itaquitinga e Tracunhaém, na Mata Norte, em uma uma ação do Plano Retomada, ao lado do governador Paulo Câmara, prefeitos, deputados federais, estaduais e secretários. Na ocasião, o governador anunciou investimentos em áreas como desenvolvimento urbano, assistência e desenvolvimento social, recursos hídricos e educação.

Da Mata Norte, Danilo seguiu para o Recife onde o prefeito João Campos entregou 64 títulos de propriedade do A Casa é Sua. A ação contemplou os moradores do habitacional Naná Vasconcelos, na Linha do Tiro.

Comentários

Últimas notícias