INVESTIGAÇÃO

Saiba o motivo que fez o ex-ministro de Bolsonaro ser preso

Entenda o motivo pelo qual o ex-ministro foi preso

Lorena Lins
Cadastrado por
Lorena Lins
Publicado em 22/06/2022 às 14:43 | Atualizado em 22/06/2022 às 15:27
CLAUBER CLEBER CAETANO/PR
JUSTIÇA Envio à PGR é um procedimento de praxe, uma vez que o MPF é considerado o 'titular da ação penal' - FOTO: CLAUBER CLEBER CAETANO/PR
Leitura:

Após investigações, o ex-ministro da educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro, foi detido nesta quarta-feira (22) pela Polícia Federal na cidade de São Paulo. O principal motivo foi a suspeita em envolvimento de desvio de verba do MEC.

Há três principais fatores que fizeram a justiça sentenciar sua prisão, a primeira é pela investigação de Correção passiva; prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência.

A investigação foi titulada de Acesso Pago, encarregada nas investigações práticas de tráfico de influência e corrupção na liberação de verbas do FNDE (fundo Nacional de desenvolvimento da Educação).

As suspeitas foram para Ribeiro por meio de um áudio, no qual falava sobre soltar verbas do órgão por recomendação de Gilmar Santos e Arilton Moura, ambos pastores, e alegar ser pedido de Bolsonaro.

"Foi um pedido especial que o Presidente da República fez para mim sobre a questão do Gilmar", comentou o ministro nesse áudio.

Segundo a Folha de São Paulo, o presidente Bolsonaro se manifestou dizendo: "Ele que responda pelos atos dele".

Comentários

Últimas notícias