ELEIÇÕES 2022

TSE define teto de gastos nas eleições 2022; saiba mais

O TSE irá tomar medida para ter um teto nos gastos nas eleições 2022

Lorena Lins
Cadastrado por
Lorena Lins
Publicado em 30/06/2022 às 15:58
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Nesta quinta-feira (30), o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu impor um limites de gastos nas campanhas eleitorais de 2022. A intenção da corte é que o teto seja o mesmo valor das eleições de 2018. O cachê deverá ser revisado pela inflação, que somou no total 26,21% no período de quatro anos.

Segundo o colunista Guilherme Amado, os valores dos gastos ainda não foram definidos, mas os ministros devem decidir até o dia 20 de julho. A esperada correção pela inflação deve ser realizada pelos técnicos da Corte.

A base será o IPCA, índice calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O valor do teto das campanhas presidenciais em 2018 era R$ 70 milhões no primeiro turno e R$ 35 milhões no segundo turno. O teto muda para deputados e vereadores, que receberam R$ 2,5 milhões. Já para deputados estaduais, o valor foi de até R$ 1 milhão.

A expectativa é de que o percentual seja levado em conta e, assim, o valor das campanhas presidenciais passe para cerca de R$ 88,3 milhões no primeiro turno e R$ 44,1 milhões no segundo.

Comentários

Últimas notícias