ELEIÇÕES 2022

Projetos na Câmara do Recife querem homenagear primeira-dama e líder do 'centrão'

Projetos na Câmara Municipal do Recife querem conceder maior honraria do legislativo a Michele Bolsonaro e ao ministro da Casa Civil Ciro Nogueira (PP-PI)

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 04/07/2022 às 11:34 | Atualizado em 04/07/2022 às 12:49
Fotos: Marcos Corrêa/PR
Michele Bolsonaro, primeira-dama - FOTO: Fotos: Marcos Corrêa/PR
Leitura:

Projetos de Decreto Legislativo, protocolados na Câmara Municipal do Recife, querem homenagear Michele Bolsonaro e ao ministro da Casa Civil Ciro Nogueira (PP-PI). Como apurou a coluna com parlamentares, a expectativa é que o texto sobre a primeira-dama seja votado nesta terça-feira (5). 

Os projetos de número 34/2022 e 33/2022 foram protocolados pela vereadora Michele Collins (PP), pré-candidata a deputada federal. Eles, respectivamente, oferecem a Medalha José Mariano, maior honraria da Câmara Municipal, à primeira-dama e ao ministro.

"Ela é uma grande defensora da causa das pessoas com deficiência e/ou com doenças raras, como também das pessoas em situação de vulnerabilidade social, entre outras bandeiras", argumenta Michele Collins, no pedido para concessão da medalha a Michele Bolsonaro.

DIVULGAÇÃO
VEREADORA Para Michele Collins, colegas de esquerda dividem a bancada feminina da Câmara do Recife - DIVULGAÇÃO

Para ser aprovado, o projeto precisa de 24 votos favoráveis dos 39 vereadores do Recife. Rinaldo Júnior, líder do PSB, afirma que a base do partido, que conta com 12 parlamentares, votará contra. Além disso, vereadores do PT e do PSOL também se mobilizam para reprovar o texto.

O projeto obre Ciro Nogueira deverá ser votado somente em agosto. Collins defende a entrega da honraria "pelos relevantes serviços prestados ao Brasil, em especial, pela sua atuação no fortalecimento das políticas públicas nacionais". O senador é considerado líder do chamado 'centrão', que faz parte da base do Governo Bolsonaro.

Projeto para homenagear Jair Bolsonaro na Câmara do Recife

Em tempo, um outro projeto prevê a concessão da mesma homenagem ao presidente da República. O texto, porém, será retirado da pauta pelo vereador Dilson Batista. É que seu partido, o Avante, apoia Lula (PT) em Pernambuco e faz parte da chapa de Marília Arraes (SD), pré-candidata ao Governo com pauta antibolsonaristas.

O projeto para homenagear Bolsonaro no Recife mobilizou a política local na última semana: Rinaldo Júnior mobilizou sua base para votar contra. A vereadora Liana Cirne (PT) fez pedido de vista, impedindo que o texto fosse votado na última semana.

A vereadora Dani Portela (PSOL), em tempo, segue fazendo alarde. Alerta que o texto ainda não foi retirado da votação. De acordo com apuração da coluna, Dilson só deve retirar o projeto da pauta nesta terça-feira (4).

Comentários

Últimas notícias