CASOS DE FAMÍLIA

Marília Arraes avalia gestão de João Campos no Recife: "gestor fraco"

Declaração foi dada em entrevista à Revista Veja, nesta sexta-feira (22)

Rodrigo Fernandes
Cadastrado por
Rodrigo Fernandes
Publicado em 22/07/2022 às 10:19 | Atualizado em 22/07/2022 às 10:51
ARQUIVO/JC IMAGEM
João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) em busca do voto das mulheres - FOTO: ARQUIVO/JC IMAGEM
Leitura:

Em entrevista à Veja, a pré-candidata ao governo de Pernambuco Marília Arraes (Solidariedade) avaliou a gestão do primo João Campos (PSB) à frente da Prefeitura do Recife. Os dois disputaram o cargo no pleito municipal de 2020, vencido por Campos.

Ainda na primeira frase, Marília Arraes foi categórica: “João é um gestor fraco”, disse a deputada federal.

Em seguida, Marília comentou o apelido recebido por João entre os opositores, que se referem a ele como “príncipe” por ser herdeiro político do ex-governador Eduardo Campos, seu pai.

“Muita gente se refere a ele como príncipe e eu acho que a alcunha lhe cabe bem porque, além de ser herdeiro político do pai, ele se comporta como uma pessoa que não consegue enfrentar as dificuldades”, disse Marília sobre o primo.

Ela completou fazendo uma avaliação pessoal sobre o prefeito.

“Tudo lhe foi entregue de maneira muito fácil na vida”, finalizou a pré-candidata ao governo.

A entrevista foi publicada nesta sexta-feira (22), um dia após a passagem do ex-presidente Lula por Pernambuco. Nos comícios do petista, o público gritou o nome de Marília em diversas ocasiões, mostrando preferência por ela sobre o candidato oficial do petista, Danilo Cabral.

Comentários

Últimas notícias