Eleições 2024

PT confirma oposição a Raquel Lyra. João Paulo defende candidatura própria no Recife

PT de Pernambuco vai oficialmente para oposição do governo Raquel Lyra

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 05/08/2023 às 16:56 | Atualizado em 05/08/2023 às 17:16
ROBERTO SOARES/ALEPE
Deputado João Paulo (PT). - FOTO: ROBERTO SOARES/ALEPE

Como se previa, o Diretório Estadual do PT aprovou nesta sexta-feira resolução declarando oposição ao governo Raquel Lira por unanimidade.

No começo da gestão, as fontes do partido contavam ao blog de Jamildo que o PT não iria para a oposição a Raquel Lyra (PSDB) por conta dos prefeitos, já que os líderes municipais ligados aos partido temiam retaliação por parte da tucana, porém a situação foi oficialmente alterada nesta terça-feira (01).

Conforme já havia informado o blog, na terça-feira passada, a executiva do partido aprovou por unanimidade ir para a oposição. No entanto, o diretório do PT de Pernambuco precisava confirmar nesta sexta feira a decisão de fazer posição a Raquel Lyra.

Curiosamente, o movimento ocorre em um momento em que o presidente Lula despeja recursos na gestão estadual e os caciques da legenda chegaram a promover uma espécie de aproximação com a chefe do Executivo.

Uma interpretação possível passa pela estratégia para as eleições de 2024 e 2026. O partido pode ter usado Raquel Lyra para dar um recado ao prefeito João Campos, pressionado a ceder a vice na chapa de 2024 e se comprometer com o PT nas eleições estaduais de 2026, quando Raquel Lyra buscará a reeleição.

João Paulo afirma candidatura própria do PT para Prefeitura do Recife

Em entrevista ao Blog do Alberes Xavier, o deputado estadual João Paulo, um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Estado e ex-prefeito do Recife, discutiu o cenário político em relação às eleições de 2024. João Paulo destacou que, apesar de fazer parte do Governo Municipal, o PT mantém sua oposição em relação ao PSB e não tem compromisso em apoiar a candidatura do atual prefeito.

O deputado afirmou que o partido trabalha com a possibilidade concreta de lançar um candidato próprio para disputar a Prefeitura.

“O PT, em relação ao PSB, acho que é uma oposição, também, mesmo participando do Governo Municipal, que é a principal expressão política do PSB no estado, mas há uma posição do PT no sentido de não haver um compromisso de apoiar a candidatura do prefeito. Vai depender da política de aliança. Hoje, o partido – PT – trabalha com a possibilidade clara de lançar um candidato a prefeito na cidade do Recife.”

Prefeito da cidade do Recife por dois mandatos, João Paulo declarou que seu nome não é uma possibilidade para essa candidatura, “o PT tem muitos nomes, muitos quadros. Além disso, estamos com outros partidos agora na federação, com PCdoB e o PV (...) mas o partido vai conversar muito e tem muita água ainda pra rolar embaixo do rio Beberibe, ali na ponte de Limoeiro. E vamos aguardar.”

Edição do Jornal

img-1 img-2

Confira a Edição completa do Jornal de hoje em apenas um clique

Últimas notícias