carteira assinada

Raquel Lyra comemora quarto mês consecutivo de empregos em alta em Pernambuco

Segundo relatório do Novo Caged, Pernambuco teve saldo de 15,5 mil novos empregos em agosto de 2023

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 02/10/2023 às 18:07 | Atualizado em 02/10/2023 às 18:22
X

Pernambuco fechou o mês de agosto de 2023 com saldo de 15.556 novos empregos, segundo relatório do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego nesta segunda-feira (2).

De acordo com as informações divulgadas pelo Governo Federal, Pernambuco somou 59.515 admissões e 43.949 demissões, resultando no saldo positivo de 15,5 mil novos postos de trabalho.

O número foi o maior entre os estados do Nordeste e o terceiro maior do país. Pernambuco ficou atrás apenas de São Paulo, que teve saldo de 65 mil novos empregos, e o Rio de Janeiro, que contabilizou 18 mil carteiras assinadas.

Este é o quarto mês consecutivo de saldo positivo de empregos formais no estado. Em julho, foram 4.401 novos postos de trabalho; em junho, 5.327; e em maio, 4.252.

"O resultado do Caged de agosto aponta para as mudanças que Pernambuco começa a perceber, frutos de uma transformação que estamos empreendendo desde janeiro. Pernambuco foi o estado que mais criou empregos do Nordeste e o terceiro do País. Estamos no caminho certo para voltar a ser líder regional e referência nacional”, comemorou a governadora Raquel Lyra.

Para a secretária em exercício da Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo de Pernambuco (SEDEPE), Cristiane Andrade, "os números mostram não apenas uma retomada da economia, mas também avanço frente ao ano passado".

"Os dados evidenciam um crescimento de 3,8%, em relação ao mesmo mês de 2022. Já em comparação ao mês de julho deste ano (4.401), o saldo de agosto se multiplicou em mais de três vezes, o que representa a quarta maior variação do Brasil. Tudo isso mostra um crescimento do emprego nos mais variados setores da economia”, afirmou.

Ainda de acordo com o relatório, todos os cinco grandes setores produtivos em Pernambuco tiveram saldo de empregos positivo no mês de agosto de 2023. O resultado foi puxado, principalmente, pelos setores de Indústria (6.884), Serviços (3.567) e Agropecuária (2.854). Em seguida, vieram Comércio (1.475) e Construção (786).

Veja mais conteúdo:

Tags

Autor