furto de celular

Governo Lula lança aplicativo que bloqueia celulares roubados com "apenas um clique"; confira

Secretário do Governo Lula revela que aplicativo para bloquear celulares furtados "transformará os celulares roubados num pedaço de metal inútil". Projeto tem a proposta de impedir o acesso a todas as informações da vítima "com apenas um clique"

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 18/12/2023 às 10:27
Notícia
X

Nesta terça-feira (19), o governo Lula (PT), através do Ministério da Justiça e Segurança Pública, lançará um aplicativo que permitirá bloquear instantaneamente celulares roubados. O anúncio sobre a plataforma foi realizado pelo Secretário-Executivo do Ministério, Ricardo Cappelli. 

Governo Lula lança amanhã aplicativo que bloqueia automaticamente celulares roubados

O plano do Ministério da Justiça e Segurança Pública é assegurar um sistema nacional e de fácil acesso para garantir a segurança para vítimas de roubos ou furtos de celulares

Segundo Cappelli, o sistema que será lançado nesta terça "transformará os celulares roubados num pedaço de metal inútil", já que o aplicativo permitirá com que a Anatel, os bancos, as operadoras de telefone e outros aplicativos sejam alertados imediatamente para que os sistemas do aparelho em questão sejam bloqueados. 

Veja a declaração de Ricardo Cappelli sobre o novo sistema: 

O aplicativo será lançado em meio ao aumento da violência e dos furtos de celulares. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, de 2021 para 2022 já houve um aumento de 16,6% nos furtos e roubos, enquanto que em 2023 as ações parecem mais descontroladas. 

Um dos exemplos marcantes ocorreu no dia 08 de dezembro, em que uma repórter da Rede Globo estava realizando uma matéria ao vivo quando uma pessoa em uma bicicleta tenta furtar seu celular. A situação na frente das câmeras é frequente nas principais cidades do país. 

O objetivo do aplicativo é garantir que a vítima de furto ou roubo de celulares não seja mais prejudicada com demais situações, como acesso às contas bancárias dos indivíduos ou aplicação de golpes. A ideia também é diminuir a vantagem e rentabilidade na prática

VIOLÊNCIA EM PERNAMBUCO: RAQUEL LYRA se PRONUNCIA sobre VIOLÊNCIA NO ESTADO

Tags

Autor