viagens ao exterior

Após críticas, Lula deve pedir para Alckmin assumir nova viagem internacional

Lula deve enviar Geraldo Alckmin para nova viagem internacional neste domingo (14). Após críticas ao volume de idas ao exterior, o plano de Lula em 2024 é focar em gestão interna

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 09/01/2024 às 8:59 | Atualizado em 09/01/2024 às 10:01
Notícia
X

Após críticas ao governo Lula (PT) pelas constantes viagens do presidente ao exterior, tudo indica que Luiz Inácio enviará o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB) para posse presidencial na Guatemala, que ocorre neste domingo (14). 

LULA PASSA VIAGENS INTERNACIONAIS PARA ALCKMIN APÓS CRÍTICAS

Desde novembro, quando o presidente já havia pedido para Alckmin participar da posse do presidente do Equador, Daniel Noboa, Lula tem diminuído seu fluxo de viagens internacionais. 

O mesmo deve ocorrer com a posse do presidente eleito da Guatemala, Bernardo Arévalo. A ideia de passar mais das viagens ao exterior para Alckmin faz parte da nova estratégia do governo Lula, que pretende garantir que o presidente passe mais tempo no Brasil que em 2023. 

Já no dia 20 de dezembro, Lula recapitulou suas ações no primeiro ano do governo e admitiu que tinha realizado muitas viagens para fora do país com o objetivo de reconectar laços internacionais, a fala ocorreu no mesmo dia que a Genial/Quaest identificou que as idas ao exterior eram um dos problemas identificados pelos eleitores.

O presidente passou cerca de 70 dias fora do Brasil e passou em 24 países, sem realizar viagens apenas nos meses de março e outubro de 2023. 

Apesar disso, o presidente prometeu focar mais em viagens ao redor do país para 2024. Lula já indicou aos seus ministros que pretende visitar os 26 estados do Brasil ainda nos primeiros seis meses do ano, principalmente para garantir sua presença e influência nos períodos próximos às eleições municipais. 

A decisão de Lula ocorre após a população expressar descontentamento pelo número de viagens internacionais do presidente, o levantamento da Paraná Pesquisas identificou 50,4% dos brasileiros disseram ser contra o volume de idas ao exterior, com 44,1% a aprovar as viagens do presidente. 

LULA VIAJA para a CHINA; ALCKMIN assume a PRESIDÊNCIA

Tags

Autor