caso Marielle

Caso Marielle Franco: Lula toma decisão após tentarem vincular Domingos Brazão com o PT

Lula orienta equipe e líderes após oposição fazer vínculos entre o PT e o assassinato de Marielle Franco após Domingos Brazão ser apontado por veículo como mandante

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 25/01/2024 às 10:16 | Atualizado em 27/01/2024 às 11:59
Notícia
X

Depois que grupos de oposição tentaram conectar o presidente Lula (PT) e o PT ao assassinato da vereadora Marielle Franco, Luiz Inácio orientou sua equipe e políticos da sigla sobre a situação. 

O caso ocorre após a reportagem do The Intercept Brasil indicar que a delação de Ronnie Lessa, executor da morte de Marielle e do motorista Anderson Gomes, apontava como mandante o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro Domingos Brazão

OPOSIÇÃO USA APOIO DE DOMINGOS BRAZÃO À REELEIÇÃO DE DILMA PARA VINCULAR CASO MARIELLE AO PT

Desde a indicação de que a delação não homologada apontava Domingos Brazão como mandante do assassinato de Marielle Franco, grupos da oposição tentam vincular o caso de Marielle com o PT. Bolsonaristas utilizaram fotos de Brazão a fazer campanha pela reeleição de Dilma Rousseff em 2014 para indicar tal questão. 

Na época, Domingos Brazão era filiado ao MDB, partido que compunha a chapa de Dilma na figura de Michel Temer (MDB). Apesar do endosso em 2014, em 2016 membros da família Brazão acabaram apoiando o impeachment. 

Em contrapartida, grupos de esquerda tem utilizado imagens do irmão de Domingos Brazão, o deputado Chiquinho Brazão (PL-RJ), na campanha de Jair Bolsonaro (PL) em 2022, junto a um dos filhos do ex-presidente. Domingos Brazão não está nas imagens. 

Sobre esse tópico, o ex-presidente Bolsonaro se pronunciou sobre o caso e indicou que o endosso dos Brazão em relação à Dilma ou a ele não significava vínculo de um deles no assassinado, mas apresentou que se houvesse fotos de Domingos em sua campanha haveria um "estardalhaço".

CASO MARIELLE FRANCO: Quem são os citados por RONNIE LESSA na DELAÇÃO

LULA ORIENTA LIDERANÇAS A IGNORAR FALAS DE VÍNCULO DO CASO MARIELLE COM O PT

Segundo informações da coluna de Igor Gadelha do Portal Metrópoles, Lula orientou sua equipe e políticos do PT a não rebaterem as falas dos bolsonaristas em tentar vincular o partido com o assassinato de Marielle Franco

A ideia de Lula é de que não existe grandes chances da teoria alavancar foras das bolhas bolsonaristas, já que Marielle Franco era filiada ao PSOL, partido aliado do PT em muitos anos. 

A motivação sobre o assassinato da vereadora ter relação com o PT também não se mostrou plausível para o presidente, que considera que rebater as críticas poderão elevar mais o assunto

Tags

Autor