abin

Carlos Bolsonaro é alvo da PF em operação sobre espionagem ilegal na Abin

Filho 02 de Bolsonaro, Carlos Bolsonaro é alvo de operação da PF nesta segunda (29) em relação ao caso de espionagem ilegal na Abin

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 29/01/2024 às 8:35 | Atualizado em 29/01/2024 às 11:15
Notícia
X

Nesta segunda-feira (29), a Polícia Federal realiza mais uma fase da operação para investigar a atuação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). É indicado que um dos alvos da PF hoje é o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro e vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). 

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro é um dos lugares apontados como locais de buscas e apreensões nesta segunda. O caso está vinculado com as suspeitas de espionagem ilegal na Abin. As investigações apontam que havia um setor paralelo da agência que monitorava sem autorização pessoas do interesso do ex-presidente Bolsonaro. 

CARLOS BOLSONARO É ALVO DE OPERAÇÃO DA PF SOBRE ESPIONAGEM ILEGAL NA ABIN

De acordo com o Blog da Andréia Sadi no G1, uma fonte dentro da PF indica que um dos alvos da operação nesta segunda é o filho 02 do presidente Jair Bolsonaro. Tanto a residência de Carlos Bolsonaro quanto seu espaço na Câmara Municipal foram autorizados para busca e apreensão. Assessores do vereador também estão na investigação. 

A PF averigua se os assessores de Carlos Bolsonaro pediam informações para o ex-diretor da Abin, o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ). Até o momento, o filho 02 de Bolsonaro não se pronunciou sobre a operação. A suspeita é de que o vereador teria recebido "materiais" ilegalmente pela agência. 

A situação ocorre em meio à investigação sobre espionagens ilegais na Abin. Chamado de "Abin Paralela", é indicado que havia um setor dentro do órgão de inteligência responsável por servir de instrumento para o então presidente Bolsonaro e sua família. Ainda não foi especificado quais seriam as informações solicitadas pelos assessores de Carlos Bolsonaro.

Pessoas já apontadas como espionadas ilegalmente pela agência de inteligência são o ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, a ex-deputada federal Joice Hasselmann e o ex-governador do Ceará e atual Ministro da Educação, Camilo Santana (PT). Essa utilização da Abin para monitorar pessoas para o presidente é apontado como presente na gestão de Alexandre Ramagem no órgão. 

Atualização: é indicado que foi encontrado um computador da Abin com Carlos Bolsonaro, o vereador estava em Angra dos Reis com o pai e o irmão Flávio Bolsonaro. As informações são de que, com a chegada da polícia, a família saiu do local de barco. 

  • Quer ficar informado sobre política, eleições e tudo que envolve o jogo do poder? Clique aqui para se inscrever no nosso canal do WhatsApp.

CARLOS BOLSONARO, filho do ex-presidente é ALVO DE OPERAÇÃO DA PF; Entenda

 

Tags

Autor