abin paralela

PF encontra na casa de Ramagem documentos sobre operação da Abin no RJ

PF encontrou na casa de Alexandre Ramagem documentos sobre operação da Abin em comunidades do Rio de Janeiro quase dois anos após sua saída da agência. Polícia investiga chamada "Abin paralela"

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 06/02/2024 às 9:24
Notícia
X

Durante a operação na casa do ex-diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o deputado Alexandre Ramagem (PL-RJ), é indicado que a Polícia Federal encontrou documentos sobre uma operação da Abin na cidade do Rio de Janeiro (RJ). 

Esses itens somam-se ao computador e celular da Abin encontrados com Ramagem. O ex-diretor-geral da agência saiu do órgão em março de 2022 e não poderia manter documentos ou equipamentos do setor consigo.

DOCUMENTOS DE OPERAÇÃO DA ABIN SÃO ENCONTRADOS COM ALEXANDRE RAMAGEM 

Alexandre Ramagem foi alvo de busca e apreensão da PF em 25 de janeiro por suspeita de envolvimento nos casos de espionagem ilegal, no que é chamado de Abin paralela. O setor clandestino supostamente fazia monitoramentos não autorizados pela Justiça contra autoridades do interesse do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Existem indícios de que Ramagem solicitava que policiais federais de sua confiança executassem operações vinculadas com essas espionagens ilegais da Abin paralela

Segundo informações da coluna de Natália Portinari no Uol, além do computador e do celular, também foram encontrados documentos da Abin sobre uma operação realizada pela Abin em comunidades da cidade do Rio de Janeiro. 

 

revelada pelo Metrópoles, essa operação tem vínculo com o uso de verba secreta dentro da Abin. A agência pagou informantes em comunidades marcadas pelo tráfico de drogas, local de interesse de milícias da cidade. Apesar da segurança pública não ser o foco do órgão, é relatado que o tópico era uma das prioridades da gestão de Ramagem

Caso seja comprovada sua atuação no caso da Abin paralela, Ramagem pode ser condenado por infração administrativa e violação de sigilo profissional. O documento encontrado não tinha identificação da Abin ou data. 

  • Quer ficar informado sobre política, eleições e tudo que envolve o jogo do poder? Clique aqui para se inscrever no nosso canal do WhatsApp.

BOLSONARO recebeu informações da ABIN paralela, diz PF

Tags

Autor