concurso

Concurso da PMPE: governo dobra número de vagas e vai convocar 5,2 mil soldados e oficiais

Concurso da Polícia Militar de Pernambuco agora terá 5.250 vagas para soldados e oficiais; aditivo foi publicado nesta quarta-feira

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 07/02/2024 às 10:10 | Atualizado em 07/02/2024 às 10:17
Notícia
X

O governo de Pernambuco aumentou em quase duas vezes a quantidade de vagas para o concurso da Polícia Militar, ampliando as oportunidades de 2.700 para 5.250. O aumento foi de 2.550 novas vagas.

Ao todo, serão ofertadas 2.400 vagas a mais para soldados e 150 para segundo tenente. Desta forma, serão chamados 4.800 soldados e 450 oficiais.

O aditivo foi publicado pelas secretarias de Administração e Defesa Social nesta quarta-feira (7), um dia após a Polícia Civil de Pernambuco anunciar que vai iniciar greve na próxima sexta-feira (9), véspera de Carnaval, denunciando crise na segurança do estado.

A convocação de mais candidatos para a PM poderá abranger até três chamadas extraordinárias com 800 candidatos cada, para o cargo de soldado, e até uma chamada extraordinária de 150 candidatos para o cargo de segundo tenente. De acordo com o governo, todos os chamamentos estarão condicionados à existência de vagas e à expressa autorização da Câmara de Política de Pessoal.

Concurso PMPE

A prova do concurso da PMPE foi aplicada no dia 28 de janeiro. A remuneração inicial para o cargo de soldado é de R$ 3.419,88 e de R$ R$ 10.855,91, para os oficiais.

"A decisão de abrir novas vagas para o concurso da Polícia Militar dá seguimento à reestruturação das forças de segurança do Estado, iniciada no ano passado, e vai fortalecer o trabalho de policiamento nas ruas de todo Estado, somando a uma série de iniciativas que vêm sendo tomadas desde o início do nosso Governo", afirmou a governadora Raquel Lyra.

Segundo a secretária de Administração, Ana Maraíza, “a meta é contratar todos os selecionados, sem, no entanto, ultrapassar o limite de despesa com pessoal previsto em lei”.

Tags

Autor