operação da PF

Lula se pronuncia após operação da PF contra Bolsonaro e aliados

Horas após o início da operação da PF contra Bolsonaro e seus aliados, em que o passaporte do ex-presidente será confiscado, Lula fala sobre suposta tentativa de golpe e possível envolvimento de Jair Bolsonaro

Imagem do autor
Cadastrado por

Cynara Maíra

Publicado em 08/02/2024 às 9:48
Notícia
X

Horas depois da Polícia Federal deflagar nesta quinta-feira (08) a Operação contra Jair Bolsonaro (PL) e seus aliados, o presidente Lula (PT) falou que considera "dado concreto" que houve tentativa de golpe após a derrota de Bolsonaro nas eleições. 

Luiz Inácio também apresentou que a tentativa de golpe não teria ocorrido sem Bolsonaro, mas defendeu a "presunção de inocência" do ex-presidente. 

LULA FALA SOBRE OPERAÇÃO DA PF HOJE (08) CONTRA JAIR BOLSONARO

Em entrevista para Rádio Itatiaia, nesta quinta, o presidente Lula falou sua opinião sobre a suposta tentativa de golpe ocorrida após a derrota de Bolsonaro nas eleições.

A declaração ocorreu horas depois do início da operação que realizou buscas na residência de Jair Bolsonaro e de seus aliados e prendeu quatro pessoas ligadas ao ex-presidente

Lula falou que não é papel do presidente da República "dar palpite" sobre o tema por ser "uma ação da Polícia Federal", que exige sigilo. Mesmo assim, o presidente afirmou que "acha que tem muita gente que vai ser investigada". 

  • Quer ficar informado sobre política, eleições e tudo que envolve o jogo do poder? Clique aqui para se inscrever no nosso canal do WhatsApp.

Ao ser questionado sobre o envolvimento de Bolsonaro, Lula evitou ser categórico, mas afirmou acreditar que Jair Bolsonaro está envolvido no plano de golpe, mas que esperará as investigações. "Eu acho que não teria acontecido sem ele. O comportamento dele foi muito diferente", falou o presidente. 

Mesmo que não tenha apresentado afirmações sobre o tema, Lula ainda provocou Bolsonaro ao afirmar que ele "não estava preparado para ganhar, não estava preparado para perder, não estava preparado para sair" e que "não teve nem coragem de me passar a faixa, ficou chorando e foi embora para os EUA". 

A postura de Lula em relação às investigações contra Jair Bolsonaro segue a lógica de defender a presunção da inocência do ex-presidente, do qual declara que não teve direito quando foi alvo da operação Lava Jato. 

As falas de Lula ocorreram após a Polícia Federal realizar mandados de busca e apreensão na casa do ex-presidente Jair Bolsonaro e de outros aliados. Dois ex-assessores de Bolsonaro e dois militares que realizaram a função foram presos pela PF na nova operação. Os agentes deram 24 horas para que Bolsonaro entregue seu passaporte. 

 Lula: 'não há perdão' para autores de ataques do 8 de janeiro de 2023 em Brasília

Tags

Autor