Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
castilho@jc.com.br

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Em tempos de crise, Seu Domingos do Armazém Coral, fez sua parte

Publicado em 28/07/2015 às 8:30
NE10
FOTO: NE10
Leitura:
Seu Domingos fez sua parte Empresário de sucesso no ramo de varejo de material de construção, o comerciante português e cidadão pernambucano Domingos Moreira lidera a maior rede do setor no Nordeste. O Armazém Coral, ano passado, comemorou 50 anos de operação, sempre com taxas de crescimento acima da média do segmento. Seu Domingos tem 20 lojas, gera mais de 900 empregos diretos e decidiu, no segundo semestre, acelerar a construção da 21ª unidade. No último domingo, ele decidiu fazer desse gesto uma afirmação de sua crença no País, comunicando, em anúncio que mandou publicar no Jornal do Commercio, que neste momento de crise "sua responsabilidade é continuar acreditando no país que o acolheu" e que, além de construir a nova loja, está modernizando as demais. Esclareceu que não desconhece que "o pais enfrenta uma situação difícil", mas lembra que esse cenário não é novo para sua companhia de mais de meio século. E diz que sempre sobreviveu às perdas materiais, planos econômicos, crises do mercado e às dificuldades graças a muito trabalho, determinação, parcerias com fornecedores, empenho de seus colaboradores e o apoio dos seus clientes. Ele mesmo produziu o texto que substituiu o tradicional anúncio que o Armazém Coral publica há anos todos os finais de semana no JC para dizer que continuará "olhando para frente com otimismo, pois o desânimo não constrói nada". E finaliza: "Acreditem, de construção a gente entende". Seu Domingos Moreira completou 81 anos no mês passado.

Últimas notícias